Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

SP: Câmara aprova representações contra vereador por fala racista

Em sessão virtual no início de maio, Camilo Cristófaro afirmou que lavar chão seria 'coisa de preto', sem perceber áudio aberto

São Paulo|Do R7

O processo por racismo já havia sido aprovado na Corregedoria da Câmara de São Paulo
O processo por racismo já havia sido aprovado na Corregedoria da Câmara de São Paulo O processo por racismo já havia sido aprovado na Corregedoria da Câmara de São Paulo

A Câmara de São Paulo aprovou nesta terça-feira (24) quatro representações contra o vereador Camilo Cristófaro (sem partido) por falas racistas. Em sessão virtual no dia 3, o vereador afirmou que lavar chão seria 'coisa de preto', sem perceber que o áudio estava liberado.

Foram 51 votos a favor do acolhimento das acusações. Era necessária a maioria absoluta de votos, ou seja, 28.

Leia também

O processo por racismo já havia sido aprovado na Corregedoria da Câmara de São Paulo, na semana passada. O caso seguiu para o plenário. A relatoria do caso foi feita pela vereadora Elaine do Quilombo Periférico (PSOL), que é membro da Corregedoria.

Agora, após a aprovação pelo plenário, o processo volta para a Corregedoria para que sejam ouvidas as testemunhas, além da defesa do parlamentar.

Após a fala racista, o vereador Camilo Cristófaro pediu desculpas à população negra. "Venho de uma geração onde as piadinhas eram normais e preciso passar por uma desconstrução desses preconceitos. Cometi um erro", escreveu em nota.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.