Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

TikTok rivaliza com Twitter e Threads com novo formato de postagens de texto

Diferente da iniciativa da Meta, os posts textuais da rede social chinesa não exigirão um aplicativo separado

Tecnologia e Ciência|Do R7

A rede social TikTok, conhecida por seu conteúdo em vídeo, anunciou, nesta segunda-feira (24), que vai oferecer um novo formato com apenas postagens de texto, tornando-se o mais novo gigante tecnológico a oferecer uma alternativa ao atribulado Twitter.

As publicações de texto no TikTok serão mais parecidas com o que é oferecido pelo Instagram, que também lançou, no início deste mês, uma plataforma para concorrer com o Twitter chamada Threads.

Aplicativo agora permitirá postagens de texto
Aplicativo agora permitirá postagens de texto Aplicativo agora permitirá postagens de texto

Assim como a plataforma recém-lançada pela Meta, o TikTok se beneficia de seu tamanho, com cerca de 1,4 bilhão de usuários ativos mensais, segundo o site especializado Business of Apps.

Por outro lado, o TikTok preferiu integrar seu formato exclusivo de texto dentro do próprio app, em vez de fazer como a Meta e lançar um produto separado, como acontece com a dupla Threads e Instagram.

Publicidade

Além disso, a versão do TikTok será mais visual que uma postagem no Twitter ou no Threads, e os usuários poderão acrescentar um plano de fundo colorido, música e "stickers" em suas publicações.

A rede social chinesa informou que o novo formato vai expandir "as fronteiras de criação de conteúdo para todos no TikTok" e aproveitar a "criatividade" vista em comentários e descrições.

Publicidade

Leia também

Além do Threads, plataformas menores, como Mastodon, Bluesky e Substack Notes, emergiram como rivais em potencial do Twitter (agora rebatizado de X, por Elon Musk), mas nenhuma delas conseguiu destroná-lo, apesar dos problemas.

Na semana passada, Musk relatou que o Twitter perdeu quase metade de sua receita de publicidade e abriu uma oportunidade aos concorrentes.

Publicidade

LEIA ABAIXO: Risco de espionagem: saiba quais países proibiram a instalação do TikTok em dispositivos do governo

© Agence France-Presse

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.