Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Twitter oferecerá compra individual de artigos jornalísticos na plataforma, diz Musk

Dono da companhia afirma que medida deve ser uma grande vitória para as organizações de mídia e para o público

Tecnologia e Ciência|

Plataforma permitirá compra por artigos individuais
Plataforma permitirá compra por artigos individuais Plataforma permitirá compra por artigos individuais

Elon Musk anunciou um plano neste sábado (29) para sua plataforma Twitter para permitir que os meios de comunicação cobrem os usuários por cada artigo.

Compartilhe esta notícia no Whatsapp

Compartilhe esta notícia no Telegram

"Isso permite que os usuários que não contratariam uma assinatura mensal paguem um preço mais alto, quando quiserem ler um artigo ocasional", disse o magnata no Twitter, acrescentando: "Isso deve ser uma grande vitória para as organizações de mídia e para o público."

Musk disse que o plano entraria e vigor no próximo mês, mas não forneceu um preço ou qual seria a porcentagem do valor que o Twitter receberia.

O anúncio acontece no momento em que Musk luta, em meio a polêmicas frequentes, para tornar o Twitter lucrativo.

Os meios de comunicação também lutam há anos para criar planos de assinatura que lhes permitissem cobrir seus custos operacionais, especialmente quando os leitores se acostumaram a receber notícias gratuitas na Internet.

Leia também

O plano de Musk levanta questões sobre como ele espera que sua forma de micropagamento funcione quando outras fracassaram.

O jornalista britânico James Ball listou vários problemas com micropagamentos, uma ideia que "definitivamente ocorreu a grandes editoras em todo o planeta", escreveu na Columbia Journalism Review.

Muitos leitores desistem assim que chegam a um acesso pago, disse Ball. E os editores "amplamente" preferem ter assinantes em tempo integral, que geram muito mais receita publicitária do que os centavos que a venda de um único artigo pode trazer.

No entanto, alguns usuários no Twitter reagiram positivamente.

"Ótima ideia", tuitou Greg Autry. "Como autor frequente de publicações como Forbes, Foreign Policy e Ad Astra, muitas vezes fico frustrado quando meu trabalho acaba atrás de um acesso pago que meus seguidores não desejam assinar. Esta é a solução certa."

Carlos Gil, autor de um livro sobre marketing, tuitou: "Finalmente, um pay-per-view de notícias que não vai fazer você se sentir como se estivesse comprando cerveja de estádio superfaturada. Pegue seus itens à la carte e mantenha sua carteira feliz".

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.