Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Tecnologia e Ciência
Publicidade

Justiça permite volta ao ar do Telegram, mas mantém multa diária de R$ 1 milhão

Tribunal federal aceitou recurso, por entender que a ordem de suspensão afeta a liberdade de comunicação

Tecnologia e Ciência|Do R7


Rede social havia sido bloqueada no Brasil por decisão da Justiça
Rede social havia sido bloqueada no Brasil por decisão da Justiça

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região aceitou recurso e permitiu a volta ao ar do Telegram no Brasil. A decisão, que foi divulgada neste sábado (29), manteve a multa diária de R$ 1 milhão, pelo fato de o aplicativo de comunicação não fornecer os dados dos usuários de canais neonazistas.

No entendimento do desembargador Flávio Lucas, a medida que bloqueou o aplicativo em todo o país afeta "amplamente a liberdade de comunicação em todo o território nacional".

O aplicativo foi bloqueado no Brasil na quarta-feira (26), após não atender a um pedido da Polícia Federal e não fornecer dados de administradores de canais de conteúdo neonazista e de ódio. Segundo a administração do Telegram, o grupo havia sido excluído e por isso os registros não poderiam ser acessados.

Em resposta, a PF afirmou que o grupo estava ativo no momento do requerimento, por isso as informações poderiam ter sido enviadas.

Publicidade

A decisão afirma ainda que a regulamentação das redes sociais no Brasil "é insuficiente e que é necessário estabelecer regras mais claras e específicas para evitar abusos, proteger tanto a sociedade como os usuários".

A Justiça lembrou que o Telegram tem um histórico de "embates com o Poder Judiciário" e que frequentemente não atende a pedidos feitos pelo governo brasileiro.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.