Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Chance de confronto 'está afastada' no julgamento de Lula diz secretário

Cezar Schirmer diz que houve entendimento entre manifestantes pró e contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

Brasil|Estadão Conteúdo


Secretário não acredita em confronto entre manifestantes
Secretário não acredita em confronto entre manifestantes

O secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Cezar Augusto Schirmer, afirmou que as ações realizadas até o momento devem evitar que ocorram confrontos entre manifestantes pró e contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Porto Alegre, nesta quarta-feira, durante o julgamento da ação no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

O petista foi condenado a 9 anos e seis meses de prisão pelo juiz Sérgio Moro no caso do triplex do Guarujá (SP).

— Acreditamos que a possibilidade física de confronto está afastada, mas é claro que sempre há riscos, por isso aumentamos intensamente o policiamento na capital e nas áreas de potencial explosivo. Toda cautela é pouco e estamos fazendo tudo que é possível, disse o secretário em entrevista à Rádio Eldorado

Schirmer justificou o estado de sítio em torno do TRF-4, dizendo que o tribunal fica numa região dentro de um parque, às margens do Rio Guaiba, onde há outros prédios públicos como a Câmara de Vereadores e alguns federais, como Ministérios da Fazenda e Agricultura, Incra, Serpro, IBGE.

Publicidade

Lula chega na tarde desta terça a Porto Alegre para participar dos eventos previstos pelo PT e simpatizantes que defendem sua liberdade. De acordo com Schirmer, o petista não estará na área próxima ao tribunal, mas a cerca de 2 quilômetros.

Portanto, a decisão de sitiar a área próxima ao TRF-4, segundo o secretário, foi tomada há dez dias e não tem relação com a presença de Lula, hoje, na cidade. 

Publicidade

O secretário informou também que a equipe de Segurança Pública trabalha com um gabinete de gestão integrada desde início de janeiro, tomando decisões a fim de evitar conflitos, principalmente no dia do julgamento.

Segundo ele, houve entendimento com os manifestantes pró e contra Lula, a fim de que os confrontos possam ser evitados. Até a manhã desta terça-feira, segundo o secretário, foram registradas a chegada de 150 ônibus fretados à cidade.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.