Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Estúdio News deste sábado (5) discute a inflação no Brasil

O programa vai ao ar às 22h15

Brasil|Do R7


Agostinho Pascalicchio e Fausto Augusto Junior
Agostinho Pascalicchio e Fausto Augusto Junior

O progresso da inflação tem impactado o mundo todo, e no bolso dos brasileiros o peso dela é maior para os mais pobres e a classe média. Além da alta do preço dos alimentos, os combustíveis e energia elétrica que são bases de produção contribuem para elevar todos os preços da economia.

A tensão geopolítica do cenário internacional é vista como intranquila e com efeito final sobre o consumidor, segundo os convidados do Estúdio News deste sábado (5).

“Essa combinação de valorização do dólar, alta do preço do petróleo, que é referência em termos energéticos, e a internalização dos derivados do petróleo no mercado interno trazem realmente uma situação muito incerta, muito incômoda, essa ponte que vem da extração do petróleo até o mercado interno tem efeitos muito graves, nossa intenção é que não provoque grandes oscilações no preço”, explica Agostinho Pascalicchio, professor de Economia da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

As perspectivas para 2022 também estão atreladas a instabilidade causada pelas incertezas políticas, visto que estamos em ano eleitoral e o mercado acompanha para onde as coisas vão caminhando, destaca Fausto Augusto Junior, diretor técnico do Dieese.

Publicidade

O economista descreve que há um grande dilema na inflação no Brasil, “não é um problema de inflação de demanda, ou seja, não temos o mercado aquecido, as pessoas comprando muito e por isso os preços sobem, temos um problema na oferta, os preços de produção estão crescendo e isso altera a forma como a gente impacta ou constrói alternativas para o combate à inflação”.

Pascalicchio diz que o que temos hoje é uma inflação em que a alta dos preços está partindo dos insumos, dos produtos industriais e a partir de então se espraia e atinge os produtos no varejo, sai do atacado para o varejo, dos insumos industriais para os produtos consumidos pela população. “Quando sobe o preço dos insumos industrias de inflação de oferta, ou seja, os produtos que são ofertados pela indústria, pelo setor agrícola, as commodities estão muito altas, esse efeito vai atingir exatamente a cadeia de produção parando no consumidor, em consequência, o consumidor não tem uma perspectiva tranquila nesse cenário”, completa o professor.

Publicidade

“O grande problema no Brasil é que quem paga imposto são os mais pobres e assalariados, a classe média e os mais pobres, porque o pesado da nossa carga tributária está sobre consumo, não está sobre renda, isso por exemplo é uma diferença com relação aos EUA, onde a maior parte da carga tributária está sobre a renda”, conclui Fausto.

O Estúdio News vai ao ar aos sábados, às 22h15. A Record News é sintonizada pelos canais de TV fechada 55 Vivo TV, 78 Net, 32 Oi TV, 14 Claro, 19 Sky e 134 GVT, além do canal 42.1 em São Paulo e demais canais da TV aberta em todo o Brasil.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.