Brasil Pacheco marca para esta terça-feira eleição da Mesa do Senado

Pacheco marca para esta terça-feira eleição da Mesa do Senado

Serão eleitos dois vice-presidentes, quatro secretários e quatro suplentes para acompanhar a nova gestão da Casa

  • Brasil | Do R7, com Agência Senado

 O senador Rodrigo Pacheco após ser eleitor presidente do Senado

O senador Rodrigo Pacheco após ser eleitor presidente do Senado

MATEUS BONOMI/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO-01/02/2021

O novo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), marcou para esta terça-feira (2), às 14h, reunião preparatória para eleição dos demais integrantes da Mesa do Senado. Serão ao todo 10 nomes que acompanharão a nova gestão da Casa: dois vice-presidentes, quatro secretários e quatro suplentes.

Leia também: O que esperar da gestão de Rodrigo Pacheco no comando da Casa

Com apoio do Palácio do Planalto, Pacheco foi eleito nesta segunda-feira (1°), com 57 votos, contra 21 de sua adversária, Simone Tebet (MDB-MS). Ele chega ao cargo defendendo a agenda de reformas do governo, mas com a pandemia de covid-19 travando a pauta.

A composição da Mesa deve respeitar, tanto quanto possível, a proporcionalidade entre as bancadas partidárias. A eleição será conduzida por Pacheco e os votos são secretos, assim como na escolha do presidente.

O 1º vice-presidente é o substituto imediato do presidente nas suas ausências, seguido pelo 2º vice-presidente. O 1º secretário é o principal responsável pela condução administrativa do Senado. O 2º secretário tem como atribuição específica a ata das sessões secretas. O 3º e o 4º secretários auxiliam na condução de algumas sessões. Os quatro suplentes substituem os secretários.

Os membros da Mesa, com exceção dos suplentes, compõem a Comissão Diretora do Senado, que se encarrega da organização e do funcionamento da Casa e da redação final de todas as proposições que são aprovadas pelos senadores.

Últimas