Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Agentes de saúde vão ao ministério protestar por aumento salarial

Queiroga conversou com manifestantes, afirmando que a demanda é justa, mas que a questão orçamentária precisa ser considerada

Brasília|Bruna Lima, do R7, e Lívia Veiga, da Record TV


Queiroga afirmou que precisa viabilizar orçamento para conceder aumento salarial
Queiroga afirmou que precisa viabilizar orçamento para conceder aumento salarial

Agentes de saúde se reuniram, nesta quarta-feira (9), em frente à sede do Ministério da Saúde para protestar por aumentos salariais. Os manifestantes foram recebidos pelo ministro Marcelo Queiroga, que afirmou estar se movimentando para garantir orçamento capaz de bancar o incremento para pagamento de pessoal. 

O ministro foi recebido aos gritos e questionado por manifestantes: "onde está nosso dinheiro, ministro Queiroga?". Em resposta, o líder da Saúde tentou acalmar os ânimos, ressaltando o papel fundamental da categoria para a saúde pública brasileira. 

"Não há dúvidas da importância de vocês dentro do SUS (Sistema Único de Saúde), o que vocês fizeram durante a pandemia. A reivindicação de vocês é justa, inclusive já existe em determinação legal", admitiu Queiroga. 

Por outro lado, ele ressaltou que a questão orçamentária precisa ser considerada, sob pena de ocorrer um crime de responsabilidade fiscal. "Estamos aqui com os secretários. Agora mesmo nós conversamos com o deputado Hugo Leal, que é o relator do orçamento na Câmara dos Deputados, pra buscar, no mais curto prazo possível, essa resposta que vocês estão nos cobrando. É justa a reivindicação, uma demanda que deve ser atendida",considerou Queiroga. 

Publicidade

Enquanto o ministro prometia dar uma resposta rápida, manifestantes continuaram cobrando uma decisão imediata. Diante do impasse, três representantes foram convidados a aprofundarem as conversas no gabinete do ministro. 

Além dos aumentos salariais, os manifestantes reivindicam a discussão da PEC 14, de 2021, que altera o artigo 198 da Constituição Federal para estabelecer o Sistema de Proteção Social e Valorização dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, a aposentadoria especial e exclusiva, e fixar a responsabilidade do gestor local do SUS pela regularidade do vínculo empregatício desses profissionais.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.