Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Associação comercial do DF critica operação contra empresários

Grupo de empresários foi alvo de mandados de busca e apreensão após suspeitas de terem defendido golpe de Estado no Brasil

Brasília|Do R7

O empresário Luciano Hang, um dos alvos da operação da Polícia Federal
O empresário Luciano Hang, um dos alvos da operação da Polícia Federal O empresário Luciano Hang, um dos alvos da operação da Polícia Federal

A Associação Comercial do Distrito Federal (ACDF) criticou nesta quinta-feira (25) a operação da Polícia Federal nesta semana que cumpriu mandados de busca e apreensão contra empresários que teriam defendido um golpe de Estado no Brasil.

"O honroso passado de lutas legitima a ACDF a vir a público manifestar seu mais veemente repúdio e profunda preocupação, com as inconcebíveis operações policiais autorizadas pelo Supremo Tribunal Federal, contra empresários deste país, por manifestações espontâneas em grupo fechado sem que em nada atenta ou ameaça o Estado Democrático", ponderou o presidente da entidade, Fernando Brites.

Brites disse também que "estes empresários são dignos da nossa total admiração, pois, com coragem utilizam-se das adversidades que lhes são impostas pelo poder público, para construir oportunidades e assim, bravamente contribuem para o desenvolvimento econômico e social do Brasil, que longe de lhes reconhecer mérito, neste momento, lhes impõe a total insegurança jurídica".

Leia mais: 'Estou atônito', diz Marco Aurélio sobre operação contra empresários

"Entendemos não ser mais suportável que empresários ou pessoas da sociedade estejam sujeitos a ocorrências desta natureza, vitimas de febril ativismo ideológico que fere de morte a carta magna e transcende todos os limites de atuação do STF, órgão responsável por garantir, o cumprimento da Constituição Federal", ponderou.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.