Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Bivar diz 'não ter nada a ver' com incêndio em casa do presidente eleito do União Brasil

Nesta segunda-feira (11), um incêndio atingiu a casa de Rueda e da irmã dele, Maria Emília Rueda, em Pernambuco

Brasília|Giovana Cardoso, do R7, em Brasília

Bivar nega envolvimento em incêndio
Bivar nega envolvimento em incêndio Bivar nega envolvimento em incêndio (Giovana Cardoso/ R7)

O deputado federal Luciano Bivar (União Brasil) manifestou repúdio ao incêndio ocorrido na casa do recém-eleito presidente do União Brasil, o advogado Antônio Rueda, e disse “não ter nada a ver” com o ocorrido. Nesta segunda-feira (11), um incêndio atingiu a casa de Rueda e da irmã, Maria Emília Rueda, tesoureira do partido, na praia de Toquinho, no município de Ipojuca, no litoral sul de Pernambuco.

O advogado de Rueda chegou a afirmar nesta terça-feira (12) que pretende acionar o STF (Supremo Tribunal Federal) para autorizar uma investigação contra Bivar sobre uma suposta participação no incêndio. O pedido será anexado ao processo em que Rueda acusa Luciano Bivar, atual presidente da legenda, por ameaças de morte.

Bivar afirmou que também entrará com um pedido junto ao STF, caso Rueda acione o Supremo. “Isso é fruto de uma represália em função de denúncias que estamos apresentando hoje ao Conselho de Ética do partido”, comentou.

Segundo o advogado da legenda, Raphael Souto, três denuncias de parlamentares envolvendo integrantes da sigla foram encaminhadas para a Secretaria-Geral do União Brasil nesta terça-feira (12). As queixas foram feitas pela senadora Soraia Thronicke, pelo prefeito de Belford Roxo (RJ), Waguinho, e pelo suplente de deputado federal Júnior Bosco.

Publicidade

Souto disse que as denúncias envolvem principalmente a má prestação da utilização dos recursos de fundo de financiamento de campanhas, utilizadas para fins fora de questões eleitorais. O jurídico do partido afirmou que estuda encaminhar as denúncias para a Polícia Federal e Ministério Público. 

Disputa por comando gera crise no União Brasil, e Bivar nega ter ameaçado vice-presidente

O presidente do União Brasil, deputado Luciano Bivar (PE), negou que tenha feito ameaças a Antônio Rueda e sua família. A declaração ocorre após uma crise na disputa pela presidência do partido. Diante das tensões, Bivar trabalha para se manter na posição e impedir que Rueda assuma a direção da sigla.

Publicidade

Acusações

Nesta terça-feira (12), Bivar acusou a mulher de Rueda de roubar notas de dólar e libra esterlina, que estavam guardadas no cofre de um apartamento do deputado em Miami, nos Estados Unidos. Segundo ele, Rueda pediu a senha do cofre para guardar joias, quando se hospedou no imóvel, em 2022. 

O R7 procurou a defesa de Rueda, mas não obteve resposta até a publicação desta matéria. 

"Ele me pediu o segredo do cofre para ela guardar as joias dela e eu cedi. Depois, quando eu voltei a Miami, não tinha nem as joias dela, nem a reserva financeira que tinha dentro do cofre. O cofre estava limpo. Pedi para ele me repor aquilo e ele nunca me repôs", disse. 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.