Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Bolsonaro entrega chips de internet a estudantes em Natal 

Alunos de escolas públicas ganharão acesso gratuito à rede móvel de banda larga; ministro das Comunicações participa da solenidade

Brasília|Do R7, em Brasília

Presidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro Presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PL) estará em Natal (RN) nesta sexta-feira (17) para participar da entrega de chips de acesso gratuito à internet com banda larga a alunos de escolas públicas. O ato é parte da solenidade de lançamento do Programa Internet Brasil, que busca viabilizar aos estudantes o acesso a recursos educacionais digitais, além de ampliar a participação deles em atividades pedagógicas não presenciais.

Os primeiros beneficiados na fase inicial do programa são estudantes dos municípios de Caicó (RN), Mossoró (RN), Caruaru (PE), Petrolina (PE), Juazeiro (BA) e Campina Grande (PB). 

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, também participará do evento previsto para as 11h, na praça Mãe Peregrina, no bairro Pitimbu. Na ocasião, o Ministério das Comunicações entregará infraestrutura de rede de fibra óptica para conexão Wi-Fi gratuita em praças públicas da capital potiguar.

Leia também

Está previsto também o anúncio oficial de distribuição de kits de conversores digitais a famílias do Rio Grande do Norte, do Ceará e do Maranhão pelo programa Digitaliza Brasil, que tem como objetivo fazer com que os televisores migrem do sinal analógico para o digital. Aém disso, será assinada a ordem de serviço da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) para a perfuração de poços artesianos no estado e a instalação de dessalinizadores. 

Publicidade

Programa Internet Brasil

Criado em dezembro de 2021, por meio de medida provisória, o Programa Internet Brasil é voltado para alunos que cursam os ensinos fundamental (a partir do 3º ano) ou médio em escolas públicas, municipais ou estaduais. Estão contemplados também estudantes em comunidades indígenas e quilombolas e nas escolas especiais sem fins lucrativos.

O programa dá aos estudantes — que fazem parte de famílias inscritas no CadÚnico — acesso à internet gratuita, em banda larga móvel. Na fase inicial, o governo federal vai disponibilizar chips e pacotes de dados em cidades que já são atendidas pelo programa Nordeste Conectado. O projeto-piloto prevê distribuição e manutenção de cerca de 700 mil chips.

O Ministério das Comunicações será responsável por coordenar o programa, com auxílio do Ministério da Educação no monitoramento e na avaliação. Segundo o governo federal, a implantação será gradual, dependendo da disponibilidade de recursos e dos requisitos técnicos para a oferta do serviço.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.