Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Bolsonaro participa de desfile cívico-militar de 7 de Setembro

Presidente quebrou o protocolo e andou por cerca de 15 minutos na Esplanada para cumprimentar apoiadores

Brasília|Plínio Aguiar, do R7, em Brasília


Presidente Jair Bolsonaro (PL) participa de evento em comemoração ao bicentenário da Independência
Presidente Jair Bolsonaro (PL) participa de evento em comemoração ao bicentenário da Independência

A menos de um mês para o primeiro turno das eleições deste ano, o presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) participou do desfile-cívico-militar nesta quarta-feira (7), na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

Bolsonaro quebrou o protocolo e andou por cerca de 15 minutos na Esplanada para cumprimentar apoiadores antes de se sentar na tribuna presidencial. O desfile foi autorizado pelo chefe do Executivo às 9h26, e a esquadrilha da fumaça fez a tradicional apresentação de acrobacias aéreas pelo céu da capital federal.

Desfilaram pela Esplanada a Marinha, o Exército, a Aeronáutica, a Polícia Rodoviária Federal, a Força Nacional de Segurança, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal. O percurso é de dois quilômetros.

Na cerimônia, ex-combatentes da Força Expedicionária Brasileira (FEB), que lutaram durante na Segunda Guerra Mundial — entre os anos de 1939 a 1945 — também participam do desfile deste 7 de Setembro, além de crianças e atletas atendidos pelo programa Forças no Esporte, do Ministério da Defesa.

Publicidade

Representantes do agronegócio também compareceram ao evento. Tratores, maquinários e outros veículos usados no setor desfilaram na Esplanada dos Ministérios. Crianças que estão no ensino domiciliar também desfilaram.

Os presidentes do Supremo Tribunal Federal, da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, Luiz Fux, Arthur Lira (PP-AL) e Rodrigo Pacheco (PSD-MG), respectivamente, não compareceram. Já os ministros de Estado, como Paulo Guedes (Economia), Ciro Nogueira (Casa Civil) e Paulo Sérgio Nogueira (Defesa) estiveram na Esplanada.

Publicidade

O 7 de Setembro de 2022 foi marcado também por manifestações políticas, dado que o evento se dá a menos de um mês para o primeiro turno das eleições. O próprio presidente Jair Bolsonaro tem convocado, há meses, seus apoiadores para a cerimônia. 

Esquema de segurança

A Esplanada dos Ministérios tem esquema de segurança diferente nesta quarta-feira, com a participação da Força Nacional, de atiradores de elite, cavalaria, cães e batalhão de choque. Há ainda atenção especial ao prédio do Supremo Tribunal Federal (STF).

Nos últimos meses, a Secretaria de Segurança Pública realizou ações especializadas para identificar, avaliar e acompanhar ameaças reais ou potenciais durante o ato. A Procuradoria-Geral da República também analisa eventuais medidas criminosas.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.