Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Brasil tem 11,2 milhões de pessoas que não se vacinaram contra a Covid, diz IBGE

Pesquisa, feita até o 1º trimestre de 2023, foi divulgada nesta sexta e engloba pessoas de 5 anos ou mais

Cidades|Giovana Cardoso, do R7, em Brasília

Estudo foi divulgado nesta sexta (24) pelo IBGE (Marcello Casal Jr/ Agência Brasil)

O número de brasileiros de 5 anos ou mais que não se vacinaram contra Covid-19 até o 1º trimestre do ano passado chegou a 11,2 milhões, segundo dados da Pnad Continua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) divulgada nesta sexta-feira (24) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O índice representa 5,6% dessa faixa etária no país.

Veja mais

Segundo o instituto, a maior parte do grupo eram homens, atingindo 6,3 milhões de não vacinados. O índice das mulheres foi de 4,9 milhões.

Medo de reação ou injeção (33,7%) e falta de confiança no imunizante (26,3%) foram as principais justificativas deste público. Outros motivos como: não achar necessário (24,2%), recomendação médica (5,1%) e vacina de preferência não estar disponível (3,6%) também foram ditos.

No Brasil, é estimado que 188,3 milhões de pessoas de 5 anos ou mais tenham tomado pelo menos uma dose de vacina contra a doença, o que representa 93,9% da população dessa faixa etária no país.

Publicidade

Imunização contra Covid

Entre todas as pessoas que tomaram alguma dose da vacina, 58,6% disseram ter tomado todas as recomendadas até o primeiro trimestre de 2023.

Um em cada quatro brasileiros que não tomaram todas as doses recomendadas da vacina contra Covid-19 dizem não confiar ou achar necessário a aplicação do imunizante. Isso representa 25,5% dos 72,7 milhões de pessoas de 5 anos ou mais que declararam não ter tomado todas as doses até o primeiro trimestre de 2023.

Publicidade

Segundo o Programa Nacional de Imunizações, a pessoa é considerada vacinada quando apresenta o esquema de duas doses do imunizante contra a Covid-19.



Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.