Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Celina Leão afirma que governo está pronto para reassumir o controle de segurança no DF

O prazo da intervenção federal vai terminar nesta terça-feira (31); novo secretário está a par do novo plano, segundo Celina

Brasília|Sarah Paes, do R7, em Brasília

Celina Leão durante cerimônia na manhã desta terça-feira
Celina Leão durante cerimônia na manhã desta terça-feira Celina Leão durante cerimônia na manhã desta terça-feira

A governadora em exercício do Distrito Federal, Celina Leão (PP), explicou na manhã desta terça-feira (31) que o governo está preparado para reassumir o controle da segurança e resguardar a posse dos congressistas, que ocorre nesta quarta-feira.

"Estamos com um plano elaborado que teve a participação de representantes do Poder Legislativo, do Supremo, da Câmara Federal e do Senado. Nós teremos uma posse tranquila, não há nenhum alerta, por enquanto, no sistema de inteligência. Tenho certeza de que o GDF estará à altura das posses e do retorno do trabalho do judiciário", afirmou Celina.

O fim da intervenção federal imposta após os atos de vandalismo na Esplanada dos Ministérios no dia 8 de janeiro acaba nesta terça. O novo secretário de segurança pública, Sandro Avelar, "está a par de todo o plano", de acordo com a governadora em exercício. 

Leia também: Defesa pede revogação da prisão de ex-comandante da PMDF

Publicidade

Sobre a volta de Ibaneis Rocha (MDB), Celina sinalizou que, com o fim da intervenção, deve ficar mais fácil para o governador retornar ao cargo antes do período estabelecido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre Moraes de 90 dias. "Com a intervenção finalizada acho que ele tem condições de argumentar uma situação de retorno", afirmou.

Passarela para Água Mineral

A governadora em exercício também assinou nesta terça a ordem de serviço para o início das obras de construção de uma passarela que facilita o acesso dos pedestres para o Parque Nacional de Brasília, conhecido como Água Mineral.

Publicidade

"É uma obra que vai dar acessibilidade e segurança a todos, até porque essa é uma via de alta velocidade", disse Celina.

A previsão é que a passarela fique pronta em até 150 dias. Os custos aos cofres públicos devem ficar no valor de R$ 3 milhões.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.