Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Polícia prende homem suspeito de matar colega após briga por política

Walfredo Romano Alves Junior estava foragido e é suspeito de matar, Hernando Silva, após uma briga por política em um churrasco

DF no Ar|

Walfredo Romano Alves, de 52 anos,foi preso nessa terça-feira (2) por suspeita de matar Hernando Antônio da Silva, de 36 anos, após os dois se envolverem em uma briga por política durante um churrasco. O caso ocorreu em fevereiro deste ano, em Planaltina (DF). O suspeito foi preso na Candangolândia (DF).

Segundo a polícia, Hernando participava de um churrasco na casa de Walfredo, acompanhado da namorada. Walfredo assava carne quando começaram a discurtir sobre política. Após todo o desentendimento, Walfredo sacou uma arma e atirou no peito de Hernando. A vítima morreu na hora.

Walfredo é suspeito pelos crimes de homicidio qualificado por motivo fútil, posse e porte ilegal de arma de fogo. 

VEJA TAMBÉM:

Publicidade

Empresários do ramo de grãos são alvo de operação que investiga sonegação de R$ 43 milhões no DF

DF vacinou 8,11% do público alvo contra a influenza em 16 dias de campanha

Março de 2024 bate recorde como o mês que registrou mais mortes por dengue desde 2000, com 665 óbitos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.