Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

DF registrou uma média de 3 mil casos de dengue por dia na última semana

DF contabiliza 125.623 casos da doença desde o começo do ano, 21.534 a mais do que na última semana

Brasília|Giovanna Inoue, do R7, em Brasília


Seguindo o Brasil, estão a Argentina, com 420 mil casos prováveis, Paraguai, com 257 mil, e Peru, com quase 200 mil casos prováveis
Brasil lidera casos de dengue no mundo Agência Brasil/Divulgação - Arquivo

O Distrito Federal registrou, entre 25 de fevereiro e 2 de março, uma média de três mil novos casos de dengue por dia. Dados da SES (Secretaria de Saúde) apontam que o DF contabiliza 125.623 casos da doença desde o começo do ano, 21.534 a mais do que na última semana. Esse número é 1.533% maior que o mesmo período de 2023.

Além disso, 78 mortes foram confirmadas como causadas por dengue e outras 84 estão sendo investigadas. Uma das mortes suspeitas é a da bebê Helena Alves, de 8 meses, que tinha dengue e Covid-19 e morreu de parada cardíaca em 29 de fevereiro.

Idosos com mais de 60 anos representam 52,5% das mortes. A faixa etária mais infectada pela doença é a de 20 a 29 anos, com 18,6% dos casos, seguido de 40 a 49 anos, com 16,7%.

Mulheres são as que mais pegam dengue, mas os homens representam mais mortes.

Publicidade

Ceilândia continua como a região administrativa com maior número absoluto de casos (19.622), seguida por Taguatinga (6.311), Samambaia (6.022), Santa Maria (5.958) e Sol Nascente/Pôr do Sol (5.763). Juntas, essas cinco RAs representam 36,9% do total de casos do DF.

Entretando, Brazlândia é a região administrativa com maior incidência de casos, com 3.256 casos por 100 mil habitantes. Varjão está em segundo lugar, com 2.931, e Estrutural em terceiro, com 2.867.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.