Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Ex-ministro Anderson Torres é nomeado secretário de Segurança do DF

Torres retorna ao comando da secretaria em 2023; ele já havia conduzido a Segurança do DF entre 2019 e 2021

Brasília|Hellen Leite, do R7, em Brasília


O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Anderson Torres
O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Anderson Torres

O governador Ibaneis Rocha (MDB) nomeou o ex-ministro da Justiça Anderson Torres para o comando da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF). A nomeação foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta segunda-feira (2). 

O nome de Torres não estava na primeira divulgação de secretários do governo Ibaneis. No entanto, o governador já havia sinalizado que o ex-ministro voltaria ao Executivo local. Ele esteve no comando da pasta entre 2019 e 2021, e deixou a SSP-DF para integrar o primeiro escalão do governo de Jair Bolsonaro (PL).

Nas redes sociais, Torres agradeceu a Ibaneis por reconduzi-lo ao cargo. "A partir de hoje (2), retorno ao honroso cargo de Secretário de Segurança Pública do Distrito Federal. Agradeço ao Governador, Ibaneis Rocha, pela confiança em mim depositada. Nasci no DF, e muito me orgulho de poder seguir zelando pelo bem-estar do nosso povo, agora no GDF", escreveu.

"Seguiremos cuidando da segurança pública da capital federal, não só mantendo os vitoriosos projetos iniciados em minha primeira gestão, mas também trazendo inovação e modernidade no combate ao crime. Agradeço ao colega Júlio Danilo pela bela condução da pasta até então", completou.

Publicidade

Torres é advogado e delegado da Polícia Federal (PF), tem especialização em ciência policial, investigação criminal e inteligência estratégica pela Escola Superior de Guerra (ESG). Na PF, coordenou investigações voltadas ao combate ao crime organizado, na superintendência em Roraima, e atuou em operações na reserva indígena Raposa Serra do Sol.

Foi nomeado por Bolsonaro para o Ministério da Justiça em março de 2021. No último dia como ministro, no sábado (31), Torres agradeceu ao ex-presidente pela "confiança" em nomeá-lo para gerenciar o ministério.

"Sempre zelamos pela justiça e pela segurança pública da população. Nosso objetivo sempre foi um futuro melhor para o nosso Brasil, e seguimos trabalhando para isso."

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.