Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Haddad confirma Bernard Appy como secretário do Ministério da Fazenda

Appy é especialista em reforma tributária e integrou o primeiro mandato do governo Lula (2003-2006); anúncio ocorreu nesta terça

Brasília|Renato Souza, do R7, em Brasília

Bernard Abby, futuro secretário do Ministério da Fazenda
Bernard Abby, futuro secretário do Ministério da Fazenda Bernard Abby, futuro secretário do Ministério da Fazenda

O futuro ministro da Fazenda, Fernando Haddad, confirmou a indicação do economista Bernardo Appy como secretário especial da reforma tributária da pasta. O anúncio foi feito por Haddad no começo da noite desta terça-feira (13). Appy é especialista em reforma tributária e integrou o primeiro mandato do governo Lula (2003-2006).

Após o anúncio, Haddad destacou que o Planejamento e o Desenvolvimento da Indústria e Comércio (Mdic) serão pastas separadas da Fazenda. "Ainda não estou apresentando toda a equipe, mas são pessoas que têm muita respeitabilidade", disse.

O futuro ministro também afirmou que tem uma linha econômica de se voltar para as classes mais vulneráveis da população. "Eu tenho que resolver o problema sem tirar o pobre do orçamento. Eu penso nisso. Até mesmo por que é ele quem paga impostos", disse.

Secretário-geral da pasta

Haddad também confirmou Gabriel Galípolo, ex-presidente do Banco Fator, como secretário-geral da pasta. Galípolo é formado em ciências econômicas e mestre em economia política, ambos pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo).

Em 2007, Galípolo chefiou a assessoria econômica da Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos. No ano seguinte, foi diretor de estruturação de projetos na Secretaria de Economia e Planejamento.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.