Brasília Homem é preso após esfaquear policial que praticava corrida na rua

Homem é preso após esfaquear policial que praticava corrida na rua

Homem atacou o policial por pensar que o agente estava perseguindo mulher. No entanto, policial estava praticando corrida

  • Brasília | Hellen Leite, do R7, em Brasília

Polícia prende homem que esfaqueou policial em Luziânia (GO)

Polícia prende homem que esfaqueou policial em Luziânia (GO)

PCGO/Divulgação

A Polícia Civil do Estado de Goiás prendeu, neste sábado (16), o homem suspeito de tentar matar o policial Paulo César Monteiro de Souza, de 56 anos, enquanto ele praticava corrida em uma rua de Luziânia (GO), no Entorno do Distrito Federal

De acordo com a investigação, o homem, que não teve o nome divulgado, esfaqueou o agente na noite de sexta-feira (15), por volta das 22h30, após a companheira dele dizer que o policial a estava perseguindo na rua. No entanto, o agente estava praticando exercícios físicos, como costuma fazer com frequência. 

Imagens das câmeras de segurança da rua mostram que a mulher caminha um pouco à frente de Monteiro. Quando percebe que o policial está próximo, ela corre também e atravessa a avenida. Logo depois, o marido dela segue no encalço do agente. O policial foi atingido no abdômen, passou por cirurgia e está fora de risco.

O autor do atentado fugiu da cidade após o crime, mas a polícia conseguiu identificá-lo após conversar com testemunhas e analisar imagens de câmeras de segurança. Ele acabou preso no povoado de São Bartolomeu, em Cristalina, também em Goiás.

"Ele se ocultou, buscando a impunidade, mas foi identificado, preso e, após ser submetido a interrogatório, confessou a prática do crime", disse o delegado Fellipe Guerrieri, responsável pela investigação.

Últimas