Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Lula anuncia resultados do PAC Seleções nas áreas de saúde, educação e infraestrutura social

Programa do governo tem investimento inicial previsto de R$ 65,2 bilhões e é destinado aos estados e municípios em 27 modalidades

Brasília|Do R7, em Brasília

Evento ocorrerá pela manhã, no Palácio do Planalto
Evento ocorrerá pela manhã, no Palácio do Planalto Evento ocorrerá pela manhã, no Palácio do Planalto (Ricardo Stuckert/PR - 20.12.2023)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa nesta quinta-feira (7) da cerimônia de divulgação dos resultados do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Seleções, destinado aos estados e municípios, nas áreas de saúde, educação e infraestrutura social. O evento ocorre a partir das 10h, no Palácio do Planalto, em Brasília.

De acordo com o Palácio do Planalto, o governo vai investir nesta primeira etapa R$ 65,2 bilhões em 27 modalidades executadas pelos Ministérios das Cidades, Saúde, Educação, Cultura, Justiça e Esporte, sob a coordenação da Casa Civil.

Confira a distribuição do orçamento:

• Ministério das Cidades: R$ 44,84 bilhões;

Publicidade

• Ministério da Saúde: R$ 9,89 bilhões;

• Ministério da Educação: R$ 9,24 bilhões;

Publicidade

• Ministério da Cultura: R$ 640 milhões;

• Ministério da Justiça e Segurança Pública: R$ 390 milhões; e

Publicidade

• Ministério do Esporte: R$ 180 milhões

Dentre os empreendimentos que compõem a modalidade de Seleções do PAC, estão: abastecimento de água, mobilidade urbana, prevenção a desastres naturais, esgotamento sanitário, regularização fundiária, creches e escolas infantis, transporte escolar, patrimônio histórico, policlínicas, maternidades, centros de atenção psicossocial e oficinas ortopédicas.

PAC

A volta do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) foi anunciada por Lula no ano passado. A iniciativa prevê investimentos em obras de infraestrutura nas 27 unidades da federação, que podem chegar a pelo menos R$ 1,7 trilhão, sendo R$ 1,4 trilhão até 2026 e R$ 320,5 milhões após esse ano.

De acordo com o governo federal, os investimentos previstos no novo PAC contam com recursos do Orçamento da União (R$ 371 bilhões), do orçamento de empresas estatais (R$ 343 bilhões), de financiamentos (R$ 362 bilhões) e do setor privado (R$ 612 bilhões).

O Executivo dividiu essa versão do PAC em nove eixos de atuação:

• inclusão digital e conectividade;

• saúde;

• educação;

• infraestrutura social e inclusiva;

• cidades sustentáveis e resilientes;

• água para todos;

• transporte eficiente e sustentável;

• transição e segurança energética; e

• defesa.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.