Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Moraes manda soltar mais dois policiais da cúpula da PMDF envolvidos no 8 de Janeiro

Segundo a PGR, a cúpula da PMDF deixou de agir para impedir os atos extremistas

Brasília|Gabriela Coelho, do R7, em BrasíliaOpens in new window

Moraes solta mais dois PM envolvidos em 8/1 Gustavo Moreno/SCO/STF - 18.10.2023

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes mandou soltar provisoriamente os policiais da PMDF (Polícia Militar do Distrito Federal) Flávio Silvestre de Alencar e Rafael Pereira Martins, réus pelos atos extremistas do 8 de Janeiro, em Brasília. Eles estavam presos desde 18 de agosto de 2023 por suspeita de omissão no dia das ações extremistas.

Leia Mais

A decisão prevê o cumprimento de medidas cautelares como o uso de tornozeleira eletrônica, a proibição de se ausentar do DF e o recolhimento domiciliar à noite e aos fins de semana. Moraes determinou ainda a proibição de sair do país e a suspensão do porte de arma de fogo dos policiais, além de proibir a comunicação com outros envolvidos nos atos.

Segundo a PGR, a cúpula da PMDF deixou de agir para impedir os atos extremistas contra as sedes dos Três Poderes devido ao alinhamento ideológico com os criminosos que atentaram contra o Estado Democrático de Direito.

Segundo as investigações, os policiais trocaram mensagens e difundiram informações falsas de teor golpista antes do segundo turno das eleições presidenciais de 2022. A PGR informou que foi constatada uma “profunda contaminação ideológica de parte dos oficiais da Polícia Militar do DF que se mostrou adepta de teorias conspiratórias sobre fraudes eleitorais e de teorias golpistas”.

Segundo o órgão, há ainda menção a provas de que os policiais — que ocupavam cargo de comando da corporação — receberam, antes do 8 de Janeiro, diversas informações de inteligência que sugeriam as “intenções golpistas” do movimento e o “risco iminente da efetiva invasão às sedes dos Três Poderes”.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.