Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Moraes vai compartilhar dados das digitais encontradas na minuta do golpe

No entanto, segundo o ministro, a Polícia Federal ainda não concluiu a elaboração do laudo pericial

Brasília|Gabriela Coelho, do R7, em Brasília


Ministro Alexandre de Moraes em sessão do TSE
Ministro Alexandre de Moraes em sessão do TSE

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, autorizou o compartilhamento com o Tribunal Superior Eleitoral dos dados de pessoas que tiveram as digitais registradas na minuta de golpe encontrada na casa de Anderson Torres, ex-secretário de Segurança do Distrito Federal e ex-ministro da Justiça. No entanto, segundo Moraes, a Polícia Federal ainda não concluiu a elaboração do laudo pericial.

Moraes também autorizou compartilhar as informações com o TSE em relação às investigações de suposta milícia digital que atua contra a democracia e as instituições e ao depoimento prestado por Anderson Torres.

O ministro analisou um pedido feito pela defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro, que quer ter acesso ao nome das pessoas cujas impressões digitais teriam sido encontradas na minuta, além dos termos dos depoimentos prestados por Torres. 

"Nesse sentido, não há nenhum óbice ao compartilhamento desta investigação, notadamente, no que diz respeito às solicitadas informações sobre o resultado dos exames periciais realizados na 'minuta de decreto de Estado de defesa'", disse o ministro.

Publicidade

A minuta (um rascunho) foi encontrada pela Polícia Federal na casa de Torres em janeiro deste ano. Com o documento, o objetivo era, supostamente, decretar Estado de defesa no TSE e mudar o resultado da eleição de 2022.

O ministro Benedito Goncalves, do TSE, determinou em janeiro a inclusão da minuta em uma das 16 ações das quais Bolsonaro é alvo na corte. O documento foi incluído no processo, movido pelo próprio PDT, que investiga a reunião de julho de 2022 com embaixadores no Palácio do Planalto, ocasião em que Bolsonaro fez ataques sem provas ao sistema eleitoral brasileiro.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.