Brasília 'No Brasil, redes sociais não são terra sem lei', diz Moraes

'No Brasil, redes sociais não são terra sem lei', diz Moraes

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral fez declarações durante a sessão de encerramento do ano no Judiciário

  • Brasília | Renato Souza, do R7, em Brasília

O presidente do TSE, ministro Alexandre de Moraes, durante sessão da corte

O presidente do TSE, ministro Alexandre de Moraes, durante sessão da corte

Alejandro Zambrana/Secom/TSE - 27.10.2022

O ministro Alexandre de Moraes, presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), conduziu a sessão de encerramento dos trabalhos da corte nesta segunda-feira (19). No discurso, na última audiência do ano, Moraes afirmou que a Justiça eleitoral cumpriu seu objetivo de garantir eleições integradas e seguras. "Aqui no Brasil, as redes sociais não são terra sem lei. As milícias digitais são combatidas e não conseguiram nem vão conseguir influenciar negativamente as eleições", disse Moraes.

De acordo com o magistrado, de forma célere, foram tomadas decisões que garantiram a realização do pleito de forma democrática, assim como foram analisados pedidos de inelegibilidade e outras ações. Moraes destacou que, durante as eleições, o Ministério Público e a Justiça garantiram o combate às informações falsas e aos atos antidemocráticos.

Leia também: Gilmar Mendes decide que recursos para Bolsa Família estão fora do teto de gastos

"O TSE deixou algumas lições para as próximas eleições. Uma é de que a arma no dia das eleições é o voto. Este tribunal vedou o transporte de armas, de CACs. Também deixou claro que assédio eleitoral e celular na cabine para assédio eleitoral não combinam com a democracia", afirmou o magistrado.

O ministro foi o responsável por conduzir a mais alta corte da Justiça eleitoral durante as eleições presidenciais deste ano.

O ministro Ricardo Lewandowski, vice-presidente do TSE, afirmou que Moraes teve "mão firme" durante o pleito. "Encerramos hoje, neste final de ano, uma longa jornada que se iniciou há meses, quando esta corte começou a organizar as eleições presidenciais. Além dessa tarefa, sob o comando e a mão firme de vossa excelência, fizemos um combate muito firme contra as fake news, em prol da democracia em nosso país", disse.

Últimas