Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Toffoli pede vista e interrompe mais uma vez julgamento sobre o piso da enfermagem

Relator Luís Roberto Barroso votou a favor do pagamento da remuneração à categoria, mas com algumas condições

Brasília|Gabriela Coelho, do R7, em Brasília


Toffoli durante participação em seminário
Toffoli durante participação em seminário

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli pediu vista (mais tempo para analisar a matéria) e suspendeu o julgamento que trata do piso salarial da enfermagem. 

O caso estava paralisado desde 24 de maio, quando o ministro Gilmar Mendes pediu vista. Desse modo, o STF poderia reavaliar a decisão do ministro Luís Roberto Barroso, que restabeleceu o piso nacional da categoria e determinou que os valores sejam pagos por estados, municípios e autarquias nos limites dos recursos repassados pela União. Em relação aos profissionais que atuam na iniciativa privada, o ministro se decidiu pela possibilidade de negociação coletiva.

Luís Roberto Barroso votou a favor do pagamento da remuneração à categoria, mas com algumas condições. O entendimento de Barroso foi seguido por Gilmar Mendes.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia no Telegram

Já o ministro Edson Fachin votou para que o piso valesse da mesma forma para todas as categorias — enfermeiro, técnico, auxiliar — tanto do setor público quanto do privado.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.