Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Salvador tem dia D de vacinação contra febre amarela

Prefeitura estima que 1,2 milhão de pessoas ainda precisem se vacinar; 57 pontos estão abertos das 8h às 17h neste sábado (24)

Bahia|Sophia Camargo, do R7


Vacina fracionada será administrada em pessoas entre 2 e 59 anos
Vacina fracionada será administrada em pessoas entre 2 e 59 anos

A Secretaria Municipal da Saúde da Prefeitura de Salvador, na Bahia, realiza neste sábado (24) o Dia D de vacinação contra a febre amarela das 8h às 17h. A vacina estará disponível em 57 pontos.

VEJA AQUI A LISTA COMPLETA DOS PONTOS DE VACINAÇÃO

Este ano, cerca de 78 mil pessoas já foram vacinadas. Estima-se que 1,2 milhão de pessoas ainda precisem se proteger contra a doença. A campanha segue até 9 de março em Salvador.

Vacina fracionada

Publicidade

A vacina fracionada será administrada em pessoas entre 2 e 59 anos que nunca foram imunizadas contra a doença. Crianças entre 9 meses e menores de 2 anos, pessoas com condições clínicas específicas (como pacientes com HIV/Aids) e viajantes internacionais (o viajante deverá apresentar o comprovante do deslocamento) vão tomar a dose completa.

Quem deve e quem não deve tomar a vacina

Publicidade

A vacina é contraindicada para crianças menores de seis meses, idosos acima dos 60 anos, gestantes, mulheres que amamentam crianças de até seis meses, pacientes em tratamento de câncer e pessoas imunodeprimidas. Para estes grupos, a orientação é que a pessoa busque ajuda médica, cujo profissional de saúde avaliará o benefício e o risco da vacinação.

Macacos capturados

Publicidade

A Secretaria de Saúde de Salvador informa que até do começo do ano até a quarta-feira (21), 107 macacos foram capturados na capital baiana para realização de exames laboratoriais de detecção da febre amarela. O material coletado foi encaminhado ao laboratório da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) do Rio de Janeiro, para investigação da causa dos óbitos.

Os primeiros dez materiais analisados pelo Fiocruz descartaram a presença do vírus da febre amarela nos animais capturados. As outras 97 amostras seguem sob análise. Em 2017, foram registrados 13 macacos com confirmação de febre amarela em Salvador. O cidadão que encontrar um macaco morto ou com comportamento estranho pode entrar em contato com o CCZ através do telefone (71) 3611-7330 ou (71) 3611-7331.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.