Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Brasil tem mais de 1,5 mi procedimentos estéticos anuais

Preenchimento labial é um dos procedimentos mais procurados na estética, segundo a SBCP

Folha Vitória

Folha Vitória|Do R7


Foto: Divulgação/DINO

Segundo a SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), mais de 1,5 milhão de procedimentos estéticos são feitos no Brasil anualmente. Nesse sentido, uma técnica que tem feito bastante sucesso, principalmente entre os famosos, é o preenchimento labial. 

O procedimento serve para realçar o contorno dos lábios ou aumentar o volume, sendo considerado pouco invasivo e indolor. De acordo com a SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), o preenchimento é o segundo procedimento não cirúrgico de harmonização facial mais realizado pelos profissionais da área.

Entre os motivos que levam os pacientes a realizarem o preenchimento labial, o cirurgião plástico Dr. Luddi Oliveira cita o aumento no volume dos lábios, a perda do contorno labial e a melhora da hidratação. "Com o passar dos anos, nós vamos perdendo compartimentos de gordura nos lábios. Ou algumas pessoas, mesmos jovens, possuem lábios mais finos. Em ambos os casos, a reposição com ácido hialurônico pode trazer mais volume”, disse.

Publicidade

Para o médico, o desenho do arco do cupido e da linha de transição dos lábios para a pele bem marcada é um critério de beleza. "Através do preenchimento labial conseguimos restaurar ou realçar esse contorno”. Segundo Oliveira, os lábios que possuem trincas e/ou rachaduras, com um aspecto de ressecamento, são possíveis restaurar essa hidratação e proporcionar brilho através do procedimento.

De acordo com o cirurgião plástico, atualmente pode-se realizar o preenchimento labial de uma forma bem natural, sem colocar uma grande quantidade de produto ou exagerados demais. “O produto adequado com o plano anatômico correto e técnica acurada podem fazer com que seu resultado seja bonito, natural e extremamente elegante”, destaca.

Publicidade

O médico ressalta que os lábios ficam mais inchados após a realização do preenchimento labial, devido aos acessos feitos com agulhas e as rupturas realizadas por cânulas. Portanto, Oliveira indica utilizar gelo de forma moderada e medicamentos bem orientados para reduzir o inchaço e amenizar os hematomas.

Mas se engana quem pensa que qualquer paciente pode fazer o procedimento. O cirurgião plástico e sócio do Dome Cosmiatria revela que, em alguns casos, o preenchimento labial é contraindicado. "Uma delas é em pacientes gestantes ou lactantes, onde não há recomendação de realizar o preenchimento com ácido hialurônico”, diz. 

Outra situação em que o procedimento é contraindicado, prossegue o profissional, é de pacientes que apresentam um distúrbio de coagulação, “em que o sangramento pode ser mais exagerado, já que neste caso de preenchimento, que é na mucosa dos lábios, existem maiores chances de sangramento”.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.