Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Capixaba que passou o Natal sem luz será indenizada em R$ 3 mil

Serviço de energia só foi reestabelecido em casa de Domingos Martins 72 horas depois da interrupção

Folha Vitória

Folha Vitória|Do R7

Folha Vitória
Folha Vitória Folha Vitória

Uma moradora de Domingos Martins, que teve a energia cortada na antevéspera do Natal de 2022, deve ser indenizada pela concessionária de energia em R$ 3 mil por danos morais.

Ela informou que entrou em contato com a empresa EDP na ocasião, mas que o serviço só foi retomado após 72 horas. 

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe do nosso grupo no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

A decisão do juiz da 1ª Vara de Domingos Martins levou em consideração que o serviço foi interrompido sem prévio à cliente, que deveria acontecer com antecedência mínima de 15 dias. 

Publicidade

Ainda segundo o magistrado, a reinstalação do serviço, considerado essencial, não deveria levar tanto tempo, especialmente por normativa da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), que estipula o prazo máximo de 48 horas. 

Leia Também: Cesan admite que estação não tem capacidade para tratar turbidez da água na Serra

Sobre este caso, a EDP esclareceu que a ação ainda está em andamento e que a decisão está sujeita a recurso. Acrescentou ainda que observa a legislação vigente e as determinações do Poder Judiciário.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.