Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Ensino à distância continua em expansão no país

Segundo especialista, área da estética médica tem sido bastante procurada na modalidade EaD por profissionais da saúde

Folha Vitória

Folha Vitória|Do R7

Foto: Divulgação/DINO

A modalidade EaD (Ensino à Distância) vem avançando de forma acelerada no país. Com a pandemia de Covid-19, a procura por cursos online aumentou ainda mais, impulsionando o desenvolvimento de novas tecnologias e ferramentas para a educação a distância, até mesmo na área médica. Na última década, o EaD cresceu 474%, segundo o Censo da Educação Superior 2021, divulgados pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) e pelo MEC (Ministério da Educação).

Dados da pesquisa também mostram que a maioria dos alunos que estudam a distância está cursando em instituições particulares. Inclusive, houve um salto de 24,3% para 41,4% desses estudantes, entre 2018 e 2021. Além disso, seis a cada 10 pessoas que iniciam a graduação optam pelo EaD. Em 2019, um ano antes da pandemia, o número de calouros em graduações presenciais caiu 28%.

A área da estética médica tem se destacado como uma das mais procuradas pelos profissionais da saúde. De acordo com a ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos), o país cresceu cerca de 527% na área de beleza e estética. Inclusive, o Brasil é o terceiro maior mercado de estética no mundo, ficando atrás dos Estados Unidos e da China.

Publicidade

Segundo o Grand View Research, a expectativa é que o mercado global de estética chegue a US$ 124,7 bilhões até 2028. De acordo com a cirurgiã plástica e fundadora do Meta Institute, Dra. Patrícia Leite Nogueira, durante a crise sanitária, com um cenário de distanciamento social e restrições, as empresas precisaram adotar ferramentas digitais e mudanças na metodologia de ensino. 

"Antes da pandemia, existia um preconceito muito grande com o ensino à distância. Isso mudou. As atividades online acabam atendendo melhor os médicos, que têm uma vida corrida e, muitas vezes, não têm tempo de se especializar ou de aprender novas técnicas em cursos presenciais", disse Patrícia.

Publicidade

A médica acredita que o online possibilitou uma série de benefícios como, por exemplo, o médico poder assistir o curso de onde ele estiver, na hora que ele estiver disponível. Segundo a Dra. Patrícia, as empresas precisam acompanhar essa mudança social e tecnológica.

"Com as plataformas de ensino online, as empresas também descobriram uma economia de tempo e dinheiro com o uso da tecnologia. Por outro lado, os conteúdos online precisam ser ricos, tecnicamente falando, pois trata do ensino de técnicas de procedimentos estéticos”, salienta, destacando que é necessário ter profissionais com boa didática, diretos e sem reserva de conhecimento.

Publicidade

A fundadora do Meta Institute explica que, nos cursos à distância voltados para médicos, os procedimentos são ensinados em aulas de aproximadamente 30 a 40 minutos sobre um tema específico. 

“As estruturas anatômicas são revistas e o procedimento é feito passo a passo, com todas as informações (produto utilizado, cânula ou agulha, plano de injeção, local e forma de aplicação) em uma paciente modelo”, esclarece.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.