Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Principais tendências do mercado de construção civil para 2023

Tecnologia e sustentabilidade ganham destaque, assim como ferramentas para tornar as obras mais produtivas; engenheiro da Construtora...

Folha Vitória

Folha Vitória|Do R7

Foto: Divulgação/DINO

O mercado de construção civil brasileiro está com previsões positivas para 2023. Segundo dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), o setor deve crescer 2,5% neste ano, considerando o ritmo de três anos consecutivos de expansão.

Além disso, o contínuo avanço da tecnologia no país, como a conexão 5G e o desenvolvimento de softwares inteligentes, e a preocupação cada vez maior com a sustentabilidade, tem colaborado para a evolução do setor.

Para o engenheiro Paulo Chueire, da construtora JMCHUEIRE, tecnologia e sustentabilidade serão temas cada vez mais explorados em obras e reformas. "O segmento de construção está enxergando os benefícios das novas ferramentas que estão surgindo, como drones e softwares, são recursos que ajudam a mapear a área, monitorar as obras, melhorar o planejamento e até identificar desperdícios que podem ajudar na redução de custo do projeto", explicou o engenheiro.

Publicidade

Principais tendências da construção civil

1. Uso de Drones

Publicidade

Os drones estão conquistando o mercado e sendo cada vez mais utilizados em diversos setores, incluindo o da construção. As aeronaves ajudam na avaliação termográfica dos revestimentos, no mapeamento do terreno, na identificação de possíveis reparos, entre outras aplicações.

2. Software de Gestão

Publicidade

A transformação digital também alcançou as construções, que tem feito uso de plataformas digitais para cadastrar fornecedores, catalogar insumos, realizar orçamentos e cronogramas, gerenciar as compras, financeiro e fluxo de caixa, entre outros acompanhamentos.

"Ferramentas como essa, além de auxiliarem durante a obra, também ajudam no relacionamento da construtora com o cliente, porque ele tem acesso em tempo real aos custos e programação de tudo o que está acontecendo na obra, trazendo mais segurança e tranquilidade durante o processo de construção", explicou Paulo Chueire.

3. Construção Verde

A preocupação com o consumo de água, de energia e o uso de materiais danosos ao meio ambiente são preocupações mais frequentes em projetos e obras de edifícios e casas. A tendência da sustentabilidade afeta o setor desde a escolha da matéria-prima até o processo final de descarte de resíduos. A prática pode ajudar na otimização dos processos, redução de custos da construção e na manutenção da obra.

4. Franquia de Construtora

O setor de franquias registrou um faturamento de mais de R$ 185 bilhões em 2021, segundo os últimos dados anuais da Associação Brasileira de Franchising (ABF), sendo a categoria de Casa e Construção responsável por mais de R$ 14 bilhões desse crescimento, e a tendência é que a expansão do mercado de construção no segmento de franquia continue.

"O modelo de franquia para qualquer segmento é uma modalidade mais atrativa do que começar um negócio do zero, isso porque no franchising o franqueado recebe suporte, treinamento, metodologia de trabalho comprovada, estratégia de marketing e a possibilidade de participar de uma marca reconhecida. Todos esses recursos trazem mais segurança para o empreendedor, e isso tem crescido também no meio de construção civil", finalizou Paulo, da franquia JMCHUEIRE.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.