Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Motoqueiros protestam contra médica suspeita de jogar carro e matar dois na Bahia

Motorista teria perseguido dupla de irmãos em moto depois de desentendimento no trânsito

Cidades|Ligia Braslauskas, do R7, em Salvador (BA)


Motociclistas escreveram faixa para protestar contra médica suspeita: 'Dra Katia, médico é para salvar, não para matar'
Motociclistas escreveram faixa para protestar contra médica suspeita: 'Dra Katia, médico é para salvar, não para matar'

Um grupo de motoqueiros promoveu um protesto, neste sábado (12), contra a médica Kátia Vargas Leal Pereira, que é suspeita de atirar o carro que dirigia contra uma moto e matar dois irmãos na avenida Atlântica, no bairro Ondina, em Salvador na noite da última sexta-feira (11).

Os motoqueiros se encontraram em frente ao local do acidente por volta das 10h, deixaram uma placa de repúdio à atitude da médica e foram em passeata até o hospital Aliança, próximo ao shopping Iguatemi, onde ela está internada. Eles fizeram um buzinaço em frente ao local.

O acidente aconteceu depois de uma briga de trânsito. O motociclista Emanuel Gomes Dias, de 22 anos, que carregava na garupa a irmã Emanuela Gomes Dias, de 23, supostamente, ultrapassou Kátia, deu um tapa no carro que ela dirigia e seguiu em frente.

Leia mais notícias de Cidades

Publicidade

Nervosa, Kátia teria acelerado o veículo até alcançar a dupla, quando, então, teria jogado o carro contra as vítimas. Tanto Emanuel como Emanuela morreram na hora. Kátia também se feriu e foi levada ao hospital, onde permanece internada e sob a vigilância de dois policiais.

Kátia deverá ser indiciada por homicídio doloso (quando se tem a intenção de matar) quando deixar o hospital. A defesa da médica, porém, alega que ela se assustou com o motociclista e, por isso, acelerou o carro.

Os pais das vítimas estão dopados e em estado de choque. Emanuele era estudante de Direito e trabalhava com eventos, já Emanuel era modelo. Os familiares disseram que os irmãos eram bastante unidos. Emanuele e Emanuel serão sepultados na manhã no Cemitério Campo Santo, no bairro da Federação. 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.