Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Bolsa abre em queda, com medo de crise e banco estrangeiro despenca

Silicon Valley Bank, nos Estados Unidos, e Credi Suisse, na Suíça, estão causando receios a investidores globais

Economia|Do R7, com Reuters

Medo com eventual crise bancária toma conta das bolsas em todo o mundo, nesta quarta-feira (15).
Medo com eventual crise bancária toma conta das bolsas em todo o mundo, nesta quarta-feira (15). Medo com eventual crise bancária toma conta das bolsas em todo o mundo, nesta quarta-feira (15).

A bolsa de valores do Brasil abriu em baixa nesta quarta-feira (15), por causa de temores por uma possível crise bancária nos Estados Unidos e na Europa.

O receio vem por causa de um grande banco estrangeiro, o Credit Suisse, da Suíça. Às 10h42, as ações da instituição despencavam 26,3%, após o maior acionista da empresa afirmar que não pode elevar sua participação na companhia por questões regulatórias.

No mesmo horário, o Ibovespa caía 1,63%, a 101.251 pontos. em sessão também marcada pelo vencimento de opções sobre o índice. Ainda, o dólar tinha alta de 0,47%, custando R$ 5,28.

Medo com bancos

O movimento ocorre em meio a mais um receio envolvendo bancos. Na semana passada, o Silicon Valley Bank, dos Estados Unidos, teve falência decretada em cerca de 48 horas.

Publicidade

Em seguida, o Signature Bank, de porte menor, também quebrou. Analistas dizem que os investidores tem algum medo de que possa haver a falência de bancos em sequência no mundo inteiro.

Na Europa, grandes bancos também iniciaram o dia em forte queda, com baixas que íam de 12% a 9%.

Leia também

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.