Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Bradesco admite que emprestou mais do que deveria durante a pandemia

Presidente do banco recorda que baixos índices de inadimplência em 2020 não condiziam com a realidade brasileira

Economia|Do R7


Bradesco ampliou a concessão de empréstimos durante a pandemia
Bradesco ampliou a concessão de empréstimos durante a pandemia

O presidente do Bradesco, Octávio de Lazari, afirmou nesta sexta-feira (10) que o banco privado concedeu mais empréstimos do que deveria durante a pandemia e que isso resultou na escalada da inadimplência que enfrenta agora. "Concedemos mais crédito do que deveríamos ter concedido", disse ele.

Segundo ele, em 2020 o Brasil teve índices de inadimplência anormalmente baixos, "que não condiziam com a realidade brasileira", o que levou o Bradesco a ampliar a concessão de empréstimos, especialmente em linhas de maior risco, como para baixa renda e para pequenas e médias empresas.

O executivo disse ainda, durante teleconferência sobre os resultados do quarto trimestre, que o banco não mudou suas taxas sobre a operação de risco sacado após o caso Americanas, que foi para recuperação judicial no mês passado, o que fez o Bradesco incluir R$ 4,9 bilhões extras no resultado do quarto trimestre.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.