Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Conselho Tutelar de SP abre 260 vagas com salário de R$ 4 mil

Os selecionados contarão com férias, licença maternidade e outros benefícios; eleitos assumem no ano que vem

Economia|Do R7


Inscrições podem ser feitas até 12 de junho
Inscrições podem ser feitas até 12 de junho

Os 52 Conselhos Tutelares (CT) da cidade de São Paulo estão com processos seletivos abertos. No total, são 260 vagas com salário mensal de R$ 4 mil. As inscrições podem ser feitas até o dia 12 de junho. O mandato dos eleitos vai de 2024 a 2028.

Além da remuneração, os postos de trabalho terão os seguintes benefícios: férias, licença maternidade e paternidade, 13º salário, auxílios refeição e transporte, direito a usar o Hospital do Servidor Público Municipal e vale-alimentação.

O procedimento está sendo feito exclusivamente pelo Portal de Atendimento SP156. O processo de escolha se dará em duas etapas.

A primeira é a de inscrição e análise dos documentos dos candidatos. A segunda, a eleição que será realizada em 1º de outubro. Já homologação do resultado e a posse dos eleitos ocorrerá em 10 de janeiro de 2024.

Publicidade

Para participar, é preciso: ter mais de 21 anos, ensino médio completo, comprovada experiência na área de direitos da criança e adolescente, reconhecida idoneidade moral e residir no município de São Paulo, na área de abrangência da Subprefeitura onde fica o Conselho Tutelar para que pretende se candidatar.

Leia também

Podem votar na eleição do CT cidadãos residentes na capital paulista e com direitos políticos, de acordo com seu domicílio eleitoral. Cada eleitor poderá votar em até cinco candidatos.

Publicidade

Para mais informações, consulte o manual e o edital do processo.

Sobre os Conselhos Tutelares

Os Conselhos Tutelares foram criados a partir da aprovação do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescentes), instituído em 1990.

Segundo o artigo 131 do ECA, os CTs são órgãos autônomos e independentes. A função deles é a garantia e a proteção integral de crianças e adolescentes. Os órgão e estão dispostos em todos os municípios do país, não só na capital paulista.

Nota de R$ 200 tem circulação menor do que a extinta cédula de R$ 1

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.