Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Devedores comemoram descontos do Desenrola nas redes sociais

Pessoas que viram suas dívidas diminuírem mais de 90% celebram a saída da lista de negativados e dão dicas a seguidores

Economia|Do R7


Site do programa Desenrola Brasil no celular
Site do programa Desenrola Brasil no celular

Depois do lançamento, na última segunda-feira (9), da segunda fase de renegociações de dívidas do programa Desenrola Brasil, que agora inclui credores de outros setores da economia além de bancos e instituições financeiras, brasileiros que estavam inadimplentes começaram a postar nas redes sociais sua surpresa com os descontos obtidos

A maioria dos relatos está na rede X (antigo Twitter) e é de pessoas que conseguiram descontos a partir de 90%. Logo no primeiro dia, o usuário Ronald (@g1gante_), do Rio de Janeiro, publicou um post em que mostra os valores originais de duas dívidas, os descontos oferecidos e o saldo a pagar pelo programa: o primeiro débito, de R$ 2,254,04 recebeu dedução de 95,79% e ficou em R$ 94,93; o segundo, de R$ 321,55, passou para R$ 18,78, graças ao desconto de 94,16%. Veja abaixo:

A postagem viralizou, e o sucesso foi tanto que incentivou outras pessoas a consultar o site do Desenrola Brasil, frustrou quem tem dívidas que não se enquadram no programa e motivou a propagação de fake news.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Na sequência estão alguns dos posts publicados em resposta a Ronald:

Outro caso que chamou atenção no X foi o de Andressa Larissa, de 20 anos, estudante de engenharia civil de Gravataí (RS). Ela tinha uma dívida de R$ 13 mil e, com os descontos que obteve pelo programa, vai pagar R$ 1.900, parcelados em dez vezes.

Publicidade

No TikTok, além de algumas fake news que circulam sobre o programa e que são desmentidas por influenciadores de prestígio na rede, há educadores financeiros que mostram exemplos de renegociações que tiveram desconto acima de 90%. Um deles é Isaac Moreira:

O canal de tecnologia Theczone também produziu material a respeito dos descontos do programa:

O agradecimento ao Desenrola é mais uma forma de celebração feita na internet, como a de @mariaIuzz, que tinha dois compromissos financeiros pendentes: um de R$ 141,18 e outro de R$ 3.984,74. No site do programa, ela encontrou a possibilidade de quitar o primeiro pagando apenas R$ 13,93, e o segundo saiu por R$ 39,85. Assim, as dívidas, que totalizavam R$ 4.125,92, puderam ser resolvidas com o pagamento de R$ 52,44. 

Como funciona o Desenrola Brasil?

A segunda etapa do Programa Desenrola Brasil, com as negociações feitas no site criado especialmente para esse fim, é voltada para a renegociação, com descontos, de dívidas bancárias e não bancárias que tenham sido feitas de 2019 a 2022, desde que o valor atualizado seja inferior a R$ 20 mil.

As pessoas físicas com renda bruta mensal de até dois salários mínimos ou que estejam inscritas no CadÚnico (cadastro único para programas sociais do governo federal) e que tenham dívidas de até R$ 5.000 têm prioridade no uso do FGO (Fundo de Garantia de Operações) para o pagamento parcelado dos valores com descontos, para o qual o governo destinou R$ 8 bilhões. 

As dívidas entre R$ 5.000 e R$ 20 mil também poderão ser pagas com descontos na plataforma do programa, mas na modalidade à vista.

Para acessar a plataforma do Desenrola Brasil, basta acessar o link http://gov.br/desenrola e, no canto superior direito, clicar em "Entrar com o Gov.br". Para entrar, o beneficiado deve estar cadastrado no site do governo (www.gov.br) e ter conta nível prata ou ouro. Quem ainda está como usuário bronze deve seguir as instruções que estão nesta página.

Depois de acertar a certificação do cadastro, ao entrar na conta Gov.br pelo site do Desenrola, o usuário é direcionado para a página "Minhas dívidas", na qual vão aparecer os pagamentos pendentes do período coberto pelo programa e as propostas de desconto feitas pelos credores.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.