Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Educação
Publicidade

Fuvest: o que o estudante precisa saber antes da primeira fase

Prova, que será aplicada no próximo domingo (12), cobra boa parte do conteúdo do ensino médio em 90 questões de múltipla escolha

Educação|Karla Dunder, do R7


Vestibular: saiba quais as principais características da primeira fase da Fuvest
Vestibular: saiba quais as principais características da primeira fase da Fuvest

A primeira fase do vestibular da Fuvest, principal porta de entrada para a USP (Universidade de São Paulo) será aplicada no próximo domingo (12) para 110 mil estudantes.

Os candidatos a uma vaga na graduação terão de responder a 90 questões de múltipla escolha de conhecimentos gerais. As perguntas são divididas nas matérias do ensino médio: português e literatura, história, geografia, inglês, matemática, física, química e biologia.

Leia também

Além de praticamente todo o conteúdo do ensino médio, a Fuvest cobra tanto na primeira fase como na segunda a leitura de obras literária. Neste ano, constam na lista:

- Poemas Escolhidos, Gregório de Matos

Publicidade

- Quincas Borba, Machado de Assis

- Alguma Poesia, Carlos Drummond de Andrade

Publicidade

- Angústia, Graciliano Ramos

- Mensagem, Fernando Pessoa

Publicidade

- Terra Sonâmbula, Mia Couto

- Campo Geral, Guimarães Rosa

- Romanceiro da Inconfidência, Cecília Meireles

- Nove Noites, Bernardo Carvalho

A prova da primeira fase da Fuvest é considerada conteudista e extensa — os participantes têm cinco horas para responder 90 questões. Os portões abrem ao meio-dia e fecham às 13h, horário de início das provas. Os candidatos só podem deixar o local de exame a partir das 17h e a prova chega ao fim às 18h.

"As provas da Fuvest são bastante tradicionais, conteudistas e muito mais diretas em suas questões, se comparadas ao vestibular da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e ao Enem (Exame Nacional do Ensino Médio", avalia o orientador educacional do Curso Pré-Vestibular da Oficina do Estudante de Campinas (SP), Alfredo Terra Neto. “Em geral o aluno sabe ou não sabe a maioria das questões, no geral, são poucas as que oferecem um texto que sirva como suporte ou que possam ser resolvidas apenas pelo raciocínio lógico."

Como a prova é extensa, o estudante deve ficar atento ao tempo de prova. "São aproximadamente 3 minutos por questão e é importante neste sentido que o aluno não tome nenhuma questão como desafio, é preciso ter em mente que todas valem a mesma pontuação, portanto é uma péssima estratégia gastar muito tempo em uma questão", diz. Se a questão está difícil, vale pular para outra e se der tempo, retomar.

Dica do professor

Uma estratégia para o momento da prova é começar pela matéria mais fácil e alternar com a mais difícil e que seja ao mesmo tempo, de outra área do conhecimento. "Um aluno com mais facilidade em humanas e dificuldade em exatas, pode fazer da seguinte forma: começar por História (facilidade) e seguir para Matemática (dificuldade). Depois seguir para Português (facilidade) e Física (dificuldade). Deve seguir assim até finalizar a prova, sempre pulando as questões mais difíceis, deixando-as para o final", orienta o coordenador.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.