Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Eleições 2016
Publicidade

Crivella diz que vai à "caça" de melhores nomes para secretariado 

Prefeito eleito anunciou que vai a Brasília buscar apoio e recursos para o Rio

Rio de Janeiro|Do R7

Com aliados, Crivella comemorou a vitória no Bangu Atlético Club
Com aliados, Crivella comemorou a vitória no Bangu Atlético Club Com aliados, Crivella comemorou a vitória no Bangu Atlético Club

O prefeito eleito do Rio, Marcello Crivella, confirmou, neste domingo (30), que já está cuidando da escolha de sua futura equipe, que toma posse em janeiro de 2017. Logo após o resultado nas urnas, Crivella anunciou que vai à "caça" dos melhores representantes para compor o secretariado, mas não adiantou nenhum nome.

— Um prefeito eleito começa uma caça. E é isso o que eu vou fazer. Buscar os melhores nomes da educação, saúde, os melhores que poderão nos ajudar na segurança, no turismo e na geração de empregos. O Rio, tenho certeza, espera isso de mim. 

De missionário na África a Prefeito do Rio de Janeiro: veja a trajetódia de Marcelo Crivella

Em seu primeiro pronunciamento após a vitória, no Bangu Atlético Club, na zona oeste do Rio, Crivella afirmou que vai buscar parcerias com o governo federal. Ele também afirmou que pretender ir a Brasília, na terça-feira (1º), com intuito de conseguir investimentos para cidade.

Publicidade

— Em Brasília, [vou buscar] apoio, convênios e recursos, tudo isso que eu fiz como senador durante 15 anos. Agora, espero que a bancada do Rio possa me ajudar. Sempre fui um despachante do Rio no Congresso, agora conto com essa experiência para trazer recursos e convênios para o Rio. 

Crivella comemora vitória no Rio: "Sempre chega a nossa vez, quando a gente não desiste"

Publicidade

Mais cedo, Crivella discursou cercado de apoiadores, como os candidatos derrotados Índio da Costa (PSD), Flávio Bolsonaro (PSC) e Carlos Osório (PSDB), além dos deputados federais Clarice Garotinho (PR) e Jair Bolsonaro (PSC), e adiantou que vai governar com a ajuda de quem sempre esteve ao seu lado. 

Na tarde de domingo, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, telefonou para o prefeito eleito e se colocou à disposição para a transição de governo.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.