Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Eleições 2018
Publicidade

Roger Waters pode ser preso se fizer propaganda eleitoral em show

De acordo com a lei eleitoral, manifestações políticas estão proibidas a partir das 22h do dia que antecede as eleições. Show em Curitiba começa às 21h30

Eleições 2018|Thais Skodowski, do R7 com Agência Estado

Roger Waters pode ser preso se fizer propaganda eleitoral
Roger Waters pode ser preso se fizer propaganda eleitoral Roger Waters pode ser preso se fizer propaganda eleitoral

O cantor Roger Waters pode ser preso caso faça alguma manifestação política em seu show, na noite deste sábado (27), em Curitiba.

A Justiça Eleitoral do Paraná já mandou advertir a produção do show do cantor Roger Waters para as restrições às manifestações políticas. De acordo com a lei eleitoral, elas estão proibidas a partir das 22 horas do dia que antecede as eleições. 

Dessa forma, Waters, que tem usado seus shows no Brasil para se manifestar politicamente, só poderá fazê-lo na primeira meia hora do espetáculo, marcado para começar às 21h30.

Caso faça algum ato político em cima do palco a favor ou contra candidatos entre 22h e meia-noite, o cantor poderá ser multado. Depois da meia-noite, qualquer manifestação política já pode configurar boca de urna, e o artista pode ser preso.

Publicidade

Turnê

Em turnê pelo país, o ex-integrante da banda Pink Floyd tem feito várias manifestações políticas durantes os shows. Em São Paulo, foi exibido no telão a mensagem "#elenão", uma mensagem contra o candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro. Ele foi vaiado por várias pessoas. Já no Rio de Janeiro, o cantor recebeu no palco familiares da vereadora assassinada Marielle Franco (PSOL). 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.