Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Eleições 2022
Publicidade

ACM Neto lidera intenções de voto para o Governo da Bahia

No levantamento estimulado, quando é apresentada uma lista de candidatos, o ex-prefeito de Salvador tem 56% das intenções

Eleições 2022|Do R7


Urna eletrônica
Urna eletrônica

O ex-prefeito de Salvador ACM Neto (União Brasil) lidera em todos os cenários a disputa ao Governo da Bahia em 2022, revela pesquisa Real Time Big Data encomendada pela Record TV. No levantamento estimulado, em que é apresentada uma lista de candidatos, ele tem 56%. Na pesquisa espontânea, quando não são apresentados candidatos, ACM Neto aparece com 23%. O segundo colocado na estimulada é Jerônimo Rodrigues (PT), com 18% das intenções de voto.

Terceiro colocado na disputa ao Palácio da Ondina, João Roma (PL) aparece com 10% na estimulada e 5% na espontânea. O candidato Kleber Rosa (PSOL) tem 1% na estimulada e não pontua na espontânea. 

Na pesquisa de rejeição, Jerônimo Rodrigues e João Roma empatam com 30% do eleitorado que diz que não votaria neles. Kleber Rosa vem em seguida, com índice de 20% de rejeição. Giovani Damico (PCB) aparece com 18%. Em quarto lugar está ACM Neto, com 17% de rejeição. 

Senado

Entre os candidatos ao Senado, Otto Alencar (PSD) tem a preferência de 29% dos eleitores na pesquisa estimulada e 6% na espontânea. A segunda colocada é Raíssa Soares (PL), com 10% na estimulada e 4% na espontânea. Cacá Leão (PP) aparece em seguida, com 8% na estimulada e 3% na espontânea. Tâmara Azevedo (PSOL) tem 6% na estimulada e não foi mencionada na pesquisa espontânea.

Publicidade

Quando avaliada a rejeição dos candidatos, Otto Alencar e Raíssa Soares aparecem com 24%. Cacá Leão tem 28%, e Tâmara Azevedo aparece com 26%.

Na pesquisa de aprovação do Governo da Bahia, 55% dos eleitores aprovam a gestão de Rui Costa. Outros 35% desaprovam, e 10% dizem que não sabem ou não responderam. Quando avaliado o governo baiano, 41% o consideram ótimo ou bom, 27% regular e 26% ruim/péssimo. Não sabem ou não responderam foram 6%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 6 e 7 de julho com 1.500 entrevistados, por telefone. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BA-02884/2022.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.