Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Hora 7
Publicidade

Jovem causa fuga em massa de grupo de focas ao tentar brincar com uma

No ano passado o Yorkshire Seal Group registrou inúmeros incidentes de perturbação das focas, 21 deles muito graves

Hora 7|Matheus Borges*, do R7

Focas frequentam
as praias do Reino Unido nesta época do ano
Focas frequentam as praias do Reino Unido nesta época do ano Focas frequentam as praias do Reino Unido nesta época do ano

Um homem causou o maior caos em uma praia do Reino Unido ao entrar na água para brincar com uma foca. O que era para ser algo divertido acabou provocando uma debandada generalizada do bando de mais de 50 animais.

O pânico entre os mamíferos aquáticos também deixou as pessoas assutadas ao verem uma fuga em massa para a água.

De acordo com o Daily Star, nesta época do ano é comum que grupos grandes desses animais descansem nas areias da Inglaterra, atraindo inúmeros visitantes e turistas.

Vicki Fan, vendedora de uma loja de lembrancinhas local, afirmou que um rapaz entrou no estabelecimento com os pés molhados dizendo que a foca não queria brincar e não aceitava nada que ele fazia.

Publicidade

"Não é bom porque você não deveria chegar perto de focas, não é? Não é apenas porque você as assustaria; elas são perigosas. Ele tinha cerca de 25 anos; ele estava pensando que era esperto, mas não era", completou Vicki.

Daz Curtis, um experiente fotógrafo, estava aproveitando o banho de sol na praia quando testemunhou o incidente.

Publicidade
Focas só atacam se forem provocadas
Focas só atacam se forem provocadas Focas só atacam se forem provocadas

“Não vimos ninguém em particular, mas as focas pareciam debandar e voltar para a água, cerca de 50 delas. Alguém obviamente as perturbou. Todas elas fugiram para a água por entre as rochas; ele poderia facilmente ter se ferido", alegou Curtis.

Um porta-voz do grupo Yorkshire Seal Group disse que o grupo de focas não ataca as pessoas, se não for provocado.

Publicidade

"Em 2022, o grupo registrou um total de 63 incidentes de perturbação de focas, dos quais 21 foram considerados extremamente graves e tinham potencial para ferimentos graves ou morte das focas envolvidas."

*Sob supervisão de Ana Vinhas

Chef de pastelaria mordido por leão-marinho gasta bolada em hospital

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.