Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Hora 7
Publicidade

Macarronada indigesta: mais de 200 kg de massa são despejados na beira de rio nos EUA

Responsável pelo desperdício ainda não foi localizado; episódio deu margem a inúmeros trocadilhos nas redes

Hora 7|Matheus Borges*, do R7

Responsável por toda a massa desperdiçada não foi encontrado
Responsável por toda a massa desperdiçada não foi encontrado Responsável por toda a massa desperdiçada não foi encontrado

Mais de 220 kg de macarrão cozido foram jogados às margens de um rio na cidade de Old Bridge, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, na semana passada. O responsável pelo desperdício gigantesco de comida ainda permanece um mistério.

Nina Jochnowitz, uma líder comunitária e ex-candidata ao conselho da cidade, publicou as fotos da descoberta em seu Facebook e rapidamente se tornou viral, com diversos compartilhamentos em outras redes sociais, onde pessoas de todo o mundo fizeram piadas e teorizaram sobre a origem de toda aquela massa.

Segundo o New York Post, alguns dos usuários especularam que o despejo dos alimentos pode ter sido motivado pelo fato de a data de validade estar próxima do vencimento, mas disseram que o resposável deve ser preso e cumprir pena em uma penitenciária estadual.

No Reddit, não faltaram trocadilhos sobre a situação bizarra. "Devemos enviar os infratores para a penne tenciária estadual", disse um usuário. "Eu posso consertar isso... apenas me dê tempo para juntar 3-400 xícaras de molho marinara", tuitou outro.

Publicidade

De acordo com a reportagem do The Philadelphia Inquire, houve, inclusive, um debate online sobre se o macarrão estava cru ou cozido. Segundo Jochnowitz, a massa parecia realmente estar cozida.

Ela também destacou que o acontecimento esbarra em dois dos maiores problemas que Old Bridge enfrenta: despejo ilegal e falta de coleta de lixo na região.

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Autoridades locais afirmaram que obras públicas foram feitas para tirar todo o macarrão do local, já que, nessa quantidade, ele poderia afetar o pH da água do riacho que abastece a região, além de mudar também o seu fluxo.

*Sob supervisão de Fabíola Glenia

Macarrão enlatado é aberto após 28 anos e revela massa fedida grotesca

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.