Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Hora 7
Publicidade

Apollo, o papagaio: a ave que consegue identificar objetos e até do que são feitos

O pássaro virou a nova onda das redes sociais ao mostrar sua habilidade em reconhecer diversos utensílios de casa

Hora 7|Matheus Borges*, do R7

Apollo já tem mais de 1 milhão de seguidores
Apollo já tem mais de 1 milhão de seguidores Apollo já tem mais de 1 milhão de seguidores

Vídeos que mostram animais fofinhos sempre chamam muita atenção, principalmente quando eles fazem algum truque diferente do normal. Nesse quesito, o papagaio Apollo, que tem mais de 1 milhão de seguidores nas redes sociais, se destaca.

A ave, identificada como um papagaio-do-congo, ou papagaio-cinzento, é a nova sensação da internet, tendo aparecido em vídeos no qual identifica alguns objetos mostrados pelo seu dono e também fala de que material eles são feitos.

Em uma das gravações vídeos mais vistas, Apollo também reconhece uma de suas "irmãs" quando mostrada. Além disso, ele usa o bico para sentir e bicar as peças que seu dono traz e, assim, conseguir falar quais são.

O pássaro também consegue identificar cores, como quando um sino é tocado e ele verbaliza que é roxo, mesmo que às vezes algumas confusões aconteçam.

Publicidade

Apollo tem até mesmo uma marca de roupas, com camisetas estampadas com algumas frases marcantes e olhares que ele faz ao identificar os objetos.

Por que os papagaios conseguem falar?

Nem todas as espécies de papagaio conseguem reproduzir a fala humana — apenas papagaios-verdadeiros, papagaios-do-mangue (também chamados de curica), papagaios-do-congo, cacatuas e araras.

Publicidade

Essa característica pode se desenvolver pelo fato de que esses animais são muito sociáveis na natureza, usando muito do canto para se comunicar e imitar outros animais.

"Papagaios têm facilidade para imitar a voz humana porque o som que emitem apresenta características comuns à fala humana. A voz das outras aves costuma ser mais assobiada, rápida e aguda", observou o ornitólogo Jacques Veillard, da Unicamp.

Foto dividiu as redes sociais: árvore que parece cheia de folhas na verdade foi invadida por papagaios

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.