Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Frente fria do Ártico atinge EUA, com sensação térmica de -79ºC

Alertas foram feitos ao público para a maior parte do estado de Nova York e para seis estados na Nova Inglaterra

Internacional|Do R7

Paisagem fica coberta de neve em Montreal em meio ao frio extremo na cidade canadense
Paisagem fica coberta de neve em Montreal em meio ao frio extremo na cidade canadense Paisagem fica coberta de neve em Montreal em meio ao frio extremo na cidade canadense

Uma intensa frente fria do Ártico atingiu o nordeste dos Estados Unidos na sexta-feira, levando temperaturas a níveis perigosamente baixos na região, incluindo Mount Washington, em New Hampshire, onde a sensação térmica caiu para -79º Celsius, segundo os meteorologistas.

Alertas de sensação térmica foram feitos ao público para a maior parte do estado de Nova York e para seis estados na Nova Inglaterra: Massachusetts, Connecticut, Rhode Island, New Hampshire, Vermont e Maine, uma região que abriga cerca de 16 milhões de pessoas.

O Serviço Nacional do Clima (NWS, na sigla em inglês) disse que o frio extremo seria relativamente curto, mas a combinação de uma temperatura entorpecente e ventos cortantes no nordeste representam condições que colocam a vida das pessoas em risco até o sábado.

Escolas em Boston e Worcester, Massachusetts, as duas maiores cidades da Nova Inglaterra, foram algumas das fechadas na sexta-feira por preocupações com o risco de hipotermia e queimadura por frio para crianças andando para as escolas ou esperando por ônibus.

Publicidade

A prefeita de Boston, Michelle Wu, declarou estado de emergência até o domingo e abriu centros de aquecimento para ajudar os mais de 650.000 moradores da cidade a lidar com o que o Serviço do Clima alertou que está se transformando em uma frente fria “que acontece uma vez por geração”.

Mais cedo na sexta-feira, a frente fria ártica que chegou aos Estados Unidos do leste do Canadá estava centrada nas planícies norte-americanas, disse o meteorologista do Serviço do Clima, Bob Oravec. Kabetogama, Minnesota, perto da fronteira com Ontário, era o lugar mais frio do país às 13h, horário da costa leste, com temperatura de 39,5º Celsius.

Publicidade

Condições tempestuosas e abaixo de zero se espalharam para o leste ao longo do dia, levando os fatores de sensação térmica, medindo o efeito combinado do vento e do frio ao corpo, na casa dos 40 graus negativos em boa parte do Maine, disse o meteorologista Brian Hurley, do Serviço do Clima.

No parque estadual de Mount Washington, no topo do pico mais alto do nordeste, as temperaturas caíram para -46º Celsius na noite de sexta-feira, com ventos sustentados de 144 kms/h, levando a sensação térmica a -76º Celsius, segundo Hurley.

Publicidade

Em comparação, a temperatura do ar em Eureka, a estação meteorológica ártica mais ao norte do Canadá, estavam em -41º Celsius na manhã de sexta-feira.

Boston estava com -13º Celsius na noite de sexta-feira. Em Worcester, Massachusetts, 64 kms ao oeste, o mercúrio chegou a -16º Celsius, com a expectativa de que as temperaturas caíssem ainda mais, disse Hurley.

Um frio recorde era esperado nas duas cidades no sábado. Os meteorologistas apontavam para uma mínima de -21º Celsius em Boston. Worcester caminhava para uma mínima de quase -24º Celsius no sábado.

Enquanto a temperatura baixa no Nordeste, Texas e partes do sul estavam começando a aquecer, após uma tempestade de gelo letal que trouxe dias de chuva congelante, granizo e gelo, causando grandes apagões e deixando as estradas perigosamente escorregadias.

(Reportagem de Frank McGurty em Worcester, Massachusetts, Rich McKay em Atlanta, Laila Kearney em Nova York, Nathan Layne em Wilton, Connecticut, e Steve Gorman em Los Angeles)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.