Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Havana vive clima de incerteza após a morte de Fidel Castro

Líder revolucionário cubano morreu na noite desta sexta-feira (25). Corpo será cremado

Internacional|Caroline Apple, especial para o R7, de Havana (Cuba)


Fidel Castro morreu aos 90 anos em Havana na última sexta-feira
Fidel Castro morreu aos 90 anos em Havana na última sexta-feira

O clima de incerteza toma conta de Havana, capital de Cuba, na madrugada deste sábado (26), depois das primeiras notícias sobre a morte do líder revolucionário e ex-presidente cubano Fidel Castro serem recebidas pela população da ilha.

Enquanto a parcela mais jovem comemora, com alguns se dizendo até "muito felizes" com a morte do ex-estadista, profissionais da cidade como motoristas de táxi dizem temer as reações que podem acontecer depois da morte de Castro.

Em comum entre os grupos, o que há ainda é um clima generalizado de incredulidade e receio, especialmente durante esse período de transição econômica e política da região.

Apesar do atual presidente, Raúl Castro, ter a sua consideração entre a população e de não haver ter pessoas fortes o suficientes na política do país para desafiar sua posição o medo de uma reação popular está presente em toda a capital cubana.

Publicidade

Leia mais notícias de Internacional

Existe ainda uma expectativa sobre alguma espécie de cerimônia ou alguma reunião da população na Plaza de la Revolución, onde estão alguns dos prédios ministeriais e também a famosa imagem de Che Guevara e de Camilo Cienfuegos, que foram dois companheiros de Castro durante a revolução cubana.

Publicidade

Ainda assim, a vida segue normalmente na capital do país, com as pessoas circulando calmamente e ainda tentando medir as consequências da notícia nas suas vidas cotidianas. 

A última aparição pública do ex-presidente foi no último dia 15, quando Castro recebeu Tran Dai Quang, presidente do Vietnã. Segundo informações do presidente e irmão de Fidel, Raúl Castro, o corpo do líder revulucionário cubano será cremado, de acordo com a orientação e o desejo do próprio ex-presidente. 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.