Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Irma destruiu quase um terço dos prédios de Saint Martin

"Dano em St. Martin é maior do que se pensava", diz a Cruz Vermelha 

Internacional|Anthony Deutsch


Saint Martin ficou destruída após passagem do furacão
Saint Martin ficou destruída após passagem do furacão

Quase um terço dos edifícios da parte holandesa da ilha caribenha de Saint Martin foram destruídos, e mais de 90% deles foram danificados pelo furacão Irma, como informou a Cruz Vermelha da Holanda nesta terça (12).

A agência de assistência havia analisado 5.500 estruturas antes do furacão e fez uma avaliação com base em fotos do Ministério da Defesa holandês após a tempestade.

Ilhas do Caribe agora tentam se reconstruir

No domingo (10), o primeiro-ministro interino da Holanda, Mark Rutte, havia dito que estimados 70% dos prédios foram destruídos ou danificados.

Publicidade

"O dano em St. Martin é maior do que se pensava", disse a Cruz Vermelha em um comunicado. "Além de distribuir alimento e água, a Cruz Vermelha providenciará mais abrigos de emergência".

Mais especialistas em busca e resgate também estão a caminho do território holandês, onde a Cruz Vermelha disse que 200 pessoas foram registradas como desaparecidas.

Publicidade

'Tenso como um parto': brasileiros contam como foi a passagem do furacão Irma pela Flórida

Um avião com lonas impermeabilizadas, barracas, sabão e outros suprimentos partirá na quarta-feira depois que mais de 3 milhões de euros foram doados pela Holanda.

Publicidade

A Cruz Vermelha disse que usará drones para monitorar as necessidades da população da ilha, uma nação independente dentro do Reino da Holanda que tem cerca de 40 mil habitantes.

O Irma matou quatro pessoas e feriu dezenas no lado holandês da ilha. O restante dela é administrado pela França. Um fundo especial de arrecadação será organizado por grandes emissoras nacionais na sexta-feira para coletar doações para o socorro emergencial e a reconstrução.

Operadora de cruzeiros resgata duas mil pessoas no Caribe

Abaixo, veja a ação de ajuda e resgate no Caribe:

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.