Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Menino de 8 anos morre em bombardeio russo no oeste da Ucrânia

Região atingida fica a centenas de quilômetros dos combates e não é alvo de ataques da Rússia

Internacional|Do R7

Bombeiros da ucrânia apagam incêndio causado por bombardeio russo na cidade de Zaporizhzhia
Bombeiros da ucrânia apagam incêndio causado por bombardeio russo na cidade de Zaporizhzhia Bombeiros da ucrânia apagam incêndio causado por bombardeio russo na cidade de Zaporizhzhia

Um menino de oito anos morreu, nesta sexta-feira (11), em um ataque russo com mísseis na região de Ivano-Frankivsk, no oeste da Ucrânia, uma área do país onde os ataques são pouco frequentes por estar a centenas de quilômetros das linhas de frente.

"Em 11 de agosto, por volta das 11h (5h em Brasília), o Exército russo disparou seus mísseis na direção de uma infraestrutura na região de Ivano-Frankivsk (...) Um menino de oito anos morreu no bombardeio", relatou o gabinete do procurador-geral no Telegram.

Um dos mísseis caiu sobre uma casa onde vivia uma família com três filhos, informou a mesma fonte. 

Segundo a chefe da administração regional, Svitlana Onishchuk, o menino foi levado para o hospital em estado crítico. "Os médicos fizeram tudo o que puderam, mas infelizmente não foi possível salvar a vida do menino", acrescentou em um vídeo transmitido pelo Telegram. 

Publicidade

O Exército ucraniano informou que a Rússia lançou quatro mísseis hipersônicos Kinzhal contra a região de Ivano-Frankivsk e que apenas um deles foi interceptado. 

Os mísseis foram lançados das cidades russas de Tula e Lipetsk, localizadas a 180 km e 460 km ao sul de Moscou, respectivamente.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.