Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Rainha reinante e rainha consorte: qual é a diferença?

Apesar de ambos os títulos serem atribuídos a mulheres da realeza, eles têm pesos e definições completamente distintos

Internacional|Larissa Crippa*, do R7

À esquerda, a falecida rainha reinante Elizabeth 2ª; à direita, a rainha consorte Camilla Parker
À esquerda, a falecida rainha reinante Elizabeth 2ª; à direita, a rainha consorte Camilla Parker À esquerda, a falecida rainha reinante Elizabeth 2ª; à direita, a rainha consorte Camilla Parker

Ao longo da história, os britânicos já tiveram muitos reis e rainhas — soberanos que governam um país monárquico, como a Grã-Bretanha. Mas, para além deles, existem também as rainhas consortes e os príncipes consortes, títulos que se diferenciam daqueles de soberanos reinantes.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Rainha consorte é o título que se dá à esposa de um rei reinante, como Camilla Parker-Bowles, casada com o rei Charles 3º desde 2005. Ela será coroada ao lado do marido no próximo sábado (6), em cerimônia Abadia de Westminster, em Londres. Já a falecida rainha Elizabeth 2ª, por exemplo, foi uma rainha reinante. Ela foi coroada em 1953 e governou a Grã-Bretanha por 70 anos.

O termo "rei consorte", por sua vez, não existe — na Grã-Bretannha, rei é somente aquele que herda o trono do soberano antecessor. Aos maridos das rainhas reinantes, como Philip, que foi casado com a rainha Elizabeth 2ª, é concedido o título de "príncipe consorte". O último rei da Grã-Bretanha foi George 6º, pai de rainha Elizabeth 2ª. Ele reinou o país entre 1936 e 1952, ano de seu falecimento.

Publicidade

As obrigações de uma rainha ou de um príncipe consorte

As obrigações de uma rainha ou de um príncipe consorte são bem diferentes daquelas dos soberanos reinantes. Segundo o site oficial da monarquia britânica, o papel de um consorte real, seja ele homem, seja mulher, é "fornecer companheirismo e apoio moral e prático ao Monarca".

Camilla Parker-Bowles agora tem o dever de apoiar o marido "na realização de seu trabalho e deveres". "Ela também assume compromissos públicos em nome das instituições de caridade que apoia."

Publicidade

Reis e rainha reinantes, por sua vez, são chefes de Estado que reinam na nação e têm obrigações constitucionais e representativas, de acordo com o site. Vale ressaltar, no entanto, que a monarquia britânica é conhecida como uma monarquia constitucional. Isso significa que, embora o soberano seja o chefe de Estado, a capacidade de fazer e aprovar a legislação cabe a um Parlamento eleito.

Veja 7 revelações bombásticas expostas no novo livro sobre o rei Charles 3º, herdeiro do trono

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.