Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Rússia afirma que qualquer nova ajuda dos Estados Unidos à Ucrânia seria um 'fiasco'

Fala de porta-voz do Kremilin acontece pouco antes de reunião entre Biden e Zelensky, na Casa Branca

Internacional|

Zelensky está em Washington em busca de ajuda dos EUA para continuar a guerra
Zelensky está em Washington em busca de ajuda dos EUA para continuar a guerra Zelensky está em Washington em busca de ajuda dos EUA para continuar a guerra

Qualquer nova ajuda dos Estados Unidos à Ucrânia seria um "fiasco", afirmou nesta terça-feira (12) o governo da Rússia, pouco antes de uma reunião entre os presidentes ucraniano e americano para abordar a ajuda militar.

"As dezenas de bilhões de dólares injetados na Ucrânia não a ajudaram a ter sucesso no campo de batalha", respondeu o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, ao ser questionado sobre a reunião em Washington entre Joe Biden e Volodmir Zelensky.

"E as dezenas de bilhões de dólares adicionais que a Ucrânia espera receber estarão condenadas ao mesmo fiasco", acrescentou Peskov.

Zelensky está em Washington, onde tentará obter a renovação da ajuda financeira e militar dos Estados Unidos à Ucrânia prometida por Biden e bloqueada pelos republicanos no Congresso

Publicidade

Peskov também aproveitou a oportunidade para denunciar a interferência "inaceitável" dos Estados Unidos no caso do opositor Alexei Navalny, detido na Rússia.

"É um preso que foi declarado culpado [...] e que cumpre a condenação que recebeu. Consideramos que qualquer interferência, em particular dos Estados Unidos, é inaceitável", declarou o porta-voz.

Publicidade

A Casa Branca expressou preocupação na segunda-feira (11), depois que parentes de Navalny afirmaram que não recebem notícias dele há quase uma semana.

© Agence France-Presse

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.