Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Steve Bannon paga fiança de US$ 5 milhões e é solto em NY

Ex-assessor e estrategista de Donald Trump, ele foi preso acusado de fraude no uso de dinheiro de campanha para construção de muro na fronteira

Internacional|Do R7


Acusado de fraude, Steve Bannon terá fiança milionária
Acusado de fraude, Steve Bannon terá fiança milionária

Steve Bannon, o ex-estrategista e assessor do presidente dos EUA, Donald Trump, preso nesta quinta-feira (20) por suspeita de participação em um esquema de fraude envolvendo doações para a construção de um muro na fronteira com o México, foi solto após pagar uma fiança milionária.

Leia também: Antigo conselheiro de Trump, Steve Bannon é preso por fraude

Segundo determinado pelo juiz Stewart D. Aaron, da Justiça Federal de Nova York, a fiança tem um valor total de US$ 5 milhões (cerca de R$ 27,8 milhões) a serem pagos até o dia 3 de setembro. Para ser liberado imediatamente, Bannon precisa garantir US$ 1,75 milhão (cerca de R$ 10 milhões) em dinheiro ou propriedades.

Leia também

O ex-conselheiro de Trump, que foi um dos coordenadores da campanha presidencial de 2016 e trabalhou na Casa Branca até agosto de 2017, se declarou inocente das acusações de fraude e vai aguardar o julgamento em liberdade, mas não poderá deixar o país ou usar jatos ou barcos particulares sem autorização.

Publicidade

Acusação de fraude

Bannon e outros três sócios foram detidos na manhã desta quinta-feira, acusados de desviar dinheiro de uma campanha que arrecadava recursos para a construção de um muro na fronteira dos EUA com o México, uma das principais promessas de campanha de Trump.

A acusação afirma que o ex-conselheiro transferiu pelo menos US$ 1 milhão (cerca de R$ 5,56) para um laranja para o pagamento de despesas pessoais. Ele foi preso em um iate particular que estava ancorado no litoral do estado de Connecticut.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.