Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Tiroteio em casa no Texas deixa cinco mortos; atirador está foragido

Suspeito pelo ataque à residência de uma família hondurenha está armado com um fuzil AR-15

Internacional|Do R7


Tiroteio ocorreu em casa no condado de San Jacinto
Tiroteio ocorreu em casa no condado de San Jacinto

Cinco pessoas morreram, entre elas um menino de 8 anos, e outras três ficaram feridas após tiroteio em uma casa a cerca de 90 km de Houston, no Texas, informou neste sábado (29) o gabinete do xerife do condado de San Jacinto, local da tragédia.

O atirador fugiu e pode estar armado com um fuzil AR-15, arma utilizada em muitos tiroteios nos últimos anos.

O suspeito pelo ataque é de nacionalidade mexicana, e as vítimas são todas hondurenhas, segundo detalhou o xerife do condado de San Jacinto, Greg Capers, ao canal de televisão local KTRK, afiliado à ABC News.

Capers disse que as vítimas foram baleadas no pescoço e na cabeça, como se tivessem sido "executadas". O suspeito era conhecido na vizinhança pois gostava de disparar no seu quintal um fuzil AR-15.

Publicidade

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Xerife oferece recompensa a quem ajudar a encontrar atirador
Xerife oferece recompensa a quem ajudar a encontrar atirador

O xerife afirmou ao KTRK que o suspeito invadiu a casa de vizinhos depois que eles pediram ao mexicano que parasse de atirar no quintal porque era noite e um bebê tentava dormir.

Publicidade

Autoridades locais oferecem recompensa de R$ 25 milhões (5 milhões de dólares) a quem tiver informações que levem à prisão do atirador, afirmou o gabinete do xerife do condado de San Jacinto em uma rede social.

Leia também

No mesmo canal, o gabinete do xerife explicou que, das cinco vítimas, quatro morreram no local, e um menino de 8 anos faleceu no hospital. Três outras pessoas ficaram feridas e estão internadas, mas o estado delas não foi divulgado.

Publicidade

Os agentes receberam uma informação na noite de sexta-feira (28) de que algo estava acontecendo e foram até a casa. No entanto, durante o percurso, o centro de comunicações do condado começou a receber várias chamadas do número de emergência 911 sobre a ocorrência de um tiroteio no local para onde os agentes se dirigiam. Quando os policiais chegaram à casa, encontraram vários feridos a bala, alguns em estado crítico.

De acordo com o GVA (Gun Violence Archive), um projeto sem fins lucrativos que acompanha a violência armada nos Estados Unidos, foram registrados até agora 174 tiroteios em massa em 2023. O órgão define um tiroteio em massa como aquele que resulta em quatro vítimas, mortas ou feridas, não incluído o perpetrador se este for morto ou ferido durante o evento.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.