Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Explosão de caminhão-tanque em BH deixa um morto e nove feridos

Acidente ocorreu no Anel Rodoviário da capital e além de ter inalado fumaça uma das vítimas teve 42% do corpo queimado 

Minas Gerais|Gabrielle Assis e Bruno Menezes


Uma pessoa morreu e nove ficaram feriadas após um caminhão tanque que transportava combustível explodir no Anel Rodoviário de Belo Horizonte, na altura do bairro Goiânia, região nordeste, na madrugada desta quinta-feira (14).

Os feridos entre 13 e 55 anos, foram socorridos e levados para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII
Os feridos entre 13 e 55 anos, foram socorridos e levados para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII Kiuane Rodrigues/ RecordMinas

Segundo o Corpo de Bombeiros, a carreta seguia via, quando o condutor perdeu controle de direção e tombou, atingindo um edifício comercial. Com o impacto, houve vazamento de combustível, o fogo se alastrou e atingiu residências e prédios. Quando as guarnições chegaram ao local, encontraram o veículo tomado pelo fogo e o motorista carbonizado, já sem sinais de vida. Ele possivelmente foi projetado para fora do veículo com a dinâmica da capotagem.

As labaredas altas se alastraram e atingiram residências, comércios, veículos, a rede elétrica e uma fábrica. Ainda segundo os Bombeiros, o incêndio de grandes proporções fez com que várias famílias saíssem às pressas das casas e muitas pessoas tiveram lesões com queimaduras ou pequenos traumas. Dentre os feridos, três estavam em estado mais grave, com queimaduras de 2º grau. As nove vítimas foram levadas para o Pronto Socorro do Hospital João XXIII.

Segundo o boletim médico do hospital, as vítimas tem entre seis e 55 anos e todos têm quadro de saúde estável. Todas foram internadas por conta de inalação de fumaça. Um das vítimas que não teve a idade revelada, teve 42% do corpo queimado. Um home de 44 anos fratura uma das pernas ao tentar fugir do incêndio. E uma terceira vítima teve 15% do corpo queimado. 

Publicidade

Ainda de acordo com os militares, o tanque da carreta foi danificado pelo impacto da queda e a carga de combustível vazou, escorrendo com grande vasão e volume pela via pública. Os focos atingiram o líquido inflamável e se propagaram por todo o combustível derramado. Quatro casas foram completamente queimadas, vários imóveis tiveram as fachadas parcialmente danificadas e 10 carros foram atingidos, sendo quatro com perdas totais.

Para conter o incêndio, foram necessários 23 militares, sete viaturas e cerca de 15 mil litros de água, além de espuma mecânica usada na carreta incendiada.

Publicidade

A rede elétrica da região também foi atingida. A Cemig informou que há 38 clientes desligados e quatro equipes pesadas irão trabalhar todo o dia para fazer os serviços de reconstrução da rede, mas não há previsão de restabelecimento, devido à extensão dos danos.

A Defesa Civil está no local para avaliar os danos estruturais nas edificações atingidas, sem atualizações até o momento.

O local segue isolado e equipes do Pelotão de Operações Químicas, Biológicas, Radiológicas e Nucleares (PQBRN) do CBMMG aguardam o transbordo da carga pela empresa responsável.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.